Laboratorio Cianorte

Dicas, Recomendações, Ideias

Qual A Data Do Dia Dos Pais?

Que dia é considerado o Dia dos Pais?

No Brasil, o Dia dos Pais é comemorado sempre no segundo domingo de agosto. O Dia dos Pais é uma data para reforçar os laços entre pais e filhos. Ouça o texto abaixo!

Que dia é o dos Pais 2023?

Dia dos Pais 2024, 2025 e mais

Data Feriado Dia
13 agosto 2023 Dia dos Pais 2023 domingo
11 agosto 2024 Dia dos Pais 2024 domingo
10 agosto 2025 Dia dos Pais 2025 domingo
9 agosto 2026 Dia dos Pais 2026 domingo

Por que o Dia dos Pais é comemorado em agosto?

Porque se comemora o Dia dos Pais em agosto? – No Brasil, o Dia dos Pais foi oficialmente instituído em 1953, A história por trás da celebração no país está relacionada ao publicitário Sylvio Bhering. Ele trabalhava em uma agência de publicidade e estava envolvido na promoção do Dia das Mães em 1949.

O que se comemora no dia 16 de agosto?

No dia 16 de agosto é comemorado pela tradição religiosa católica o dia de São Roque. Em Cabreúva, neste ano de 2021, a atual capela em devoção ao Santo comemora seu centenário. São 100 anos de tradição e fé ao Santo que viveu no século XIV e abriu mão de suas riquezas para cuidar daqueles que foram afetados por alguma epidemia.

  • No século XIX, em algum momento entre os anos de 1850 e 1880, Joaquim Costa encontra uma pequena imagem de São Roque em uma plantação de algodão localizada entre os bairros Santa Eliza e Caí.
  • Após ser formada uma devoção em torno da imagem, um oratório é construído na região do Bairro Barreiro.
  • Em 1921, como agradecimento pelo fim da epidemia de Gripe Espanhola que assolou o mundo, foi construída a nova Capela de São Roque.

A antiga imagem pode ser vista até hoje no altar da Capela. • Informações consultadas nos livros: “Cabreúva: História e Contexto – Vol.1” e “., que entre verdes montanhas”, ambos de autoria do Dr. Otoni Rodrigues da Silveira.

O que se comemora no Dia 22 de agosto?

O Dia do Folclore é celebrado em 22 de agosto, pois foi nesse dia que o termo folklore foi inventado pelo estudioso William John Thoms.

O que se comemora no Dia 24 de agosto?

A infância é a fase mais querida e lembrada, por todo o resto da vida. A fase da inocência, onde tudo era brincadeira, A maior obrigação era deixar o quarto arrumado e fazer os deveres da escola, no mais, tudo se resumia a sorrisos e diversão. Se a sua infância foi assim, você realmente tem sorte.

Infelizmente, a realidade de muitas crianças, no Brasil e no mundo, passa longe do cenário pintado acima. Grande parte delas sofre as mazelas da pobreza, A falta de dinheiro as leva a largar a escola e trabalhar muito novas, em condições, na maioria das vezes, desumanas, A qualidade de vida é das mais baixas, e sua inocência acaba cedo de mais.

Hoje, dia 24 de agosto, se comemora o Dia da Infância, Devemos fazer desse dia, mais que uma memória de nossos bons tempos como crianças. Devemos refletir e buscar saídas que ajudem a romper esse ciclo de pobreza e abandono, e levar um futuro melhor para essas crianças.

  1. O ChildFund Brasil – Fundo para Crianças já batalha nessa causa há mais de 45 anos.
  2. Trabalhando junto com organizações parceiras localizadas em áreas de pobreza extrema, levamos à jovens e suas famílias, meios para que eles possam crescer com saúde e dignidade e buscar seus objetivos e sonhos.
  3. ChildFund Brasil O ChildFund Brasil é uma organização de desenvolvimento social que por meio de uma sólida experiência na elaboração e no monitoramento de programas e projetos sociais mobiliza pessoas para a transformação de vidas.

Crianças, adolescentes, jovens, famílias e comunidades em situação de risco social são apoiadas para que possam exercer com plenitude o direito à cidadania.

O que se comemora no Dia 13 de agosto?

Portoweb – Datas Comemorativas. Dia 13 de agosto é comemorado o Dia Internacional do Canhoto. Ainda que já não sejam tão estigmatizados pela sociedade quanto eram há alguns anos, os canhotos ainda sofrem com muita discriminação.

Que Dia do mês de agosto vai cair o Dia dos Pais?

Porque se comemora o Dia dos Pais em agosto? – No Brasil, o Dia dos Pais foi oficialmente instituído em 1953, A história por trás da celebração no país está relacionada ao publicitário Sylvio Bhering. Ele trabalhava em uma agência de publicidade e estava envolvido na promoção do Dia das Mães em 1949.

Qual o dia do mês de agosto é o Dia dos Pais?

No segundo domingo de agosto comemora-se o Dia dos Pais, Trata-se de uma data especial para várias famílias, na qual se celebra não apenas os pais biológicos, mas também os padrastos, avôs, tios e todos aqueles que desempenham o papel de pai. + Encontre bolsas de estudo de até 80% Geralmente, essa data é um momento para os filhos expressarem sua gratidão pelos cuidados, orientação e apoio que os pais oferecem ao longo de suas vidas. Qual A Data Do Dia Dos Pais Leia mais: 2023 terá nove feriados prolongados; veja quais são + 15 de novembro: veja o que se comemora nesse feriado

Por que o Dia dos Pais é diferente no Brasil?

Origem do Dia dos Pais no Brasil – No Brasil, o Dia dos Pais foi estabelecido pelo publicitário Sylvio Bhering em 1953. Originalmente, a data escolhida era 16 de agosto, coincidindo com a celebração católica de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus.

  1. No entanto, ao longo do tempo, a data foi alterada para o segundo domingo de agosto.
  2. A escolha dessa data específica permitiu criar um ambiente propício para a união familiar, uma vez que o domingo é tradicionalmente um dia reservado para encontros familiares.
  3. Sérgio Dantas, professor de Marketing da Universidade Presbiteriana Mackenzie, no entanto, indica outro provável motivo para a manutenção da homenagem em agosto.

“Eu acredito que foi estrategicamente escolhido porque o comércio tem datas marcantes. A gente finaliza o ano com o Natal, que é a grande data. Tem depois, no primeiro semestre, o Dia das Mães, que é a segunda maior data de movimento. Logo depois, em junho, tem o Dia dos Namorados.

Quem criou o Dia dos Pais no Brasil?

Veja também: Dia dos pais deve movimentar quase R$ 27 bilhões – O Dia dos Pais chegou ao Brasil por ideia do publicitário Sylvio Bhering, que, na época, trabalhava como diretor do jornal “O Globo” e da “Rádio Globo”, no Rio de Janeiro. “Pela primeira vez se celebrará amanhã o Dia do Papai. Anúncio do primeiro Dia dos Pais no Brasil, na edição do jornal O Globo em 15 de agosto de 1953. / Reprodução “Será a primeira vez e não será a última. Tão justa é a homenagem, tão universal e comovido foi o entusiasmo que a acolheu, tanto representam os pais para o coração dos filhos que se pode afirmar com convicção que a iniciativa d’O Globo e da Rádio Globo frutificará pelos anos afora numa festa anual de amor”, continuou o anúncio.

  • Segundo os registros institucionais no site de memória da publicação, a data comemorada em 1953 foi o 16 de agosto porque “coincidia com o Dia de São Joaquim, pai de Nossa Senhora e considerado patriarca da família”.
  • Nos anos seguintes, em analogia ao Dia das Mães, comemorado no segundo domingo de maio, o Dia dos Pais passou a ser festejado no segundo domingo de agosto.

Internacionalmente, a comemoração está mais atrelada ao terceiro domingo de junho, data em que o Dia dos Pais é celebrado nos Estados Unidos há mais de 100 anos, desde 1910. África do Sul, Argentina, Canadá, Chile, França, Japão, México, Reino Unido e outros adotam esta data.

  1. A origem americana da data vem de Sonora Luise Smart, filha de um agricultor que lutou na Guerra Civil, que queria homenagear seu pai, William Jackson.
  2. A primeira comemoração aconteceu no aniversário de William, no dia 19 de junho.
  3. Após a disseminação da data, o então presidente dos Estados Unidos, Lyndon Johnson, oficializou, em 1966, o terceiro domingo de junho como Dia dos Pais, e o presidente Richard Nixon, em 1972, o transformou em feriado nacional.

Por influência da Igreja Católica, alguns países adotam o dia 19 de março, dia de São José, o esposo de Virgem Maria. Entre eles estão Portugal, Espanha, Itália e Bolívia. Não existe um registro histórico definitivo para o surgimento da comemoração. Na tradição, segundo o registro do jornal “O Globo”, a origem vem da Babilônia, 2.000 anos a.C., quando o filho do rei Nabucodonosor teria esculpido em argila um cartão desejando sorte, saúde e vida longa a seu pai.

O que se comemora no Dia 19 de junho?

APPA | DIA DO CINEMA BRASILEIRO É COMEMORADO EM 19 DE JUNHO Hoje, dia 19, celebra-se uma data memorável: o Dia do Cinema Brasileiro. Essa efeméride presta uma homenagem ao dia em que o cinegrafista e diretor ítalo-brasileiro Afonso Segreto registrou as primeiras imagens em movimento no Brasil: em 1898, o navio onde viajava entrava na baía da Guanabara. Deus e o Diabo na Terra do Sol (Crédito: divulgação) Para Comemorar o Dia do Cinema Brasileiro, um dos mais antigos e longevos cineclubes do país, o Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, faz uma sessão extraordinária dedicada a um dos maiores nomes do movimento Cinema Novo e um de nossos cineastas mais festejados no exterior, Glauber Rocha, com a exibição de sua obra-prima “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1964), uma versão restaurada em 4K, em 35 mm.

  • A sessão gratuita será comentada pelo poeta, artista e pesquisador de intermídia Ricardo Aleixo.
  • Na ocasião, serão ainda sorteados os catálogos da mostra Kynoperzpektyva18, realizada em 2018, que contém os livros “Crítica Esparsa” e “O Nascimento dos Deuses”.
  • Segundo Vítor Miranda, gerente de cinema da Fundação Clóvis Salgado, o Cine Humberto Mauro sempre foi um espaço de formação de público.

“Todo mundo fala isso, que conheceu cineastas e filmes através do cineclube. As pessoas do cinema têm uma devoção muito grande com o espaço”, explica. Como é gratuito, ele recebe não só cinéfilos, mas também pessoas em situação de rua. “Por esse motivo, tentamos trazer uma programação diversa, de repertório e popular, contemplando diversas partes do mundo e de épocas diferentes”, acrescenta.

Para o gestor da Humberto Mauro, o cinema é uma parte importante da identidade nacional, de construção de memória, e precisa ser fomentado pelo Estado. Além de nomes de projeção nacional e internacional como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos, Cacá Diegues, Arnaldo Jabor, Walter Salles, José Padilha e Fernando Meirelles, é importante reverenciar ícones mineiros, como Humberto Mauro, Carlos Alberto Prates Correia, recém-falecido, Maurício Gomes Leite, Helvécio Ratton, Elza Cataldo, Eder Santos e Cao Guimarães, entre tantos outros, como os nomes da nova geração, entre eles Affonso Uchôa, Clarissa Campolina, Helvécio Marins Jr, Marília Rocha e Gabriel Martins, esse último diretor “Marte Um”, filme que projetou Minas Gerais a além das fronteiras e acabou escolhido para representar o Brasil na disputa por uma vaga no Oscar 2023.

Um desses nomes da velha-guarda é o cineasta Rafael Conde, dos curtas-metragens “O Ex-Mágico da Taberna Minhota” e “A Hora Vagabunda” e dos longa-metragens “Samba-Canção” e “Fronteira”. Para ele, o cinema brasileiro hoje está diante de questões importantes, mais associadas ao formato do que a estética.

  • Hoje, afirma ele, existem, além do cinema, novos espaços de exibição como as plataformas de streaming, o que, por sua vez, tem feito o cinema nacional, como o mundial, serem repensados.
  • Esses novos canais têm demandado muito.
  • É uma grande produção em filmes e séries que fazem o cinema se expandir cada vez mais.

Principalmente após a pandemia, estamos em plena retomada”. Conde se prepara para lançar seu segundo longa-metragem, depois de um hiato de 21 anos, “Zé”, na 18ª Mostra de Cinema de Ouro Preto, que acontece de 21 a 26 de junho na cidade histórica. Rodado em Cataguases, na Zona da Mata, no final de 2021, o filme é uma ficção baseada em fatos reais.

  • Entre 1946 e 1973, o estudante José Carlos da Mata Machado, o Zé, um líder estudantil interpretado pelo ator Caio Horowicz participa de um grupo de resistência contra a ditadura militar (1964-1985).
  • Perseguido, ele deixa o conforto de uma vida burguesa para trabalhar com alfabetização e conscientização política no interior do Nordeste, na clandestinidade.

Mas é perseguido e morto pela ditadura militar. Sobre o cinema mineiro propriamente dito, Rafael Conde afirma que o cinema brasileiro produzido em Minas é muito forte, até porque ele se desloca muito. O cineasta destaca co-produções de filmes de ficção, de animação e séries de TV.

“Com a retomada da Ancine (a Agência Nacional de Cinema anunciou no início deste ano investimentos de mais de R$ 1 bilhão para o setor audiovisual, incluindo projetos cinematográficos de todas as regiões do país, após a total paralisação em 2020 e 2021), os programas voltados para a produções regionais tendem a crescer ainda mais.

Há mais filmes autorais, experimentais, sendo feitos. O cinema brasileiro feito em Minas também está sendo reconhecido no Brasil e no exterior.” Claudia Mesquita, professora de comunicação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), considera simbólica a data.”O Paulo Emílio Sales Gomes, que era um crítico, uma pessoa devotada à preservação do Cinema Brasileiro e um dos criadores da Cinemateca Brasileira, tem um texto conhecido, ‘Cinema: Trajetória no Subdesenvolvimento’, onde conta a história do cinema desde o começo dos anos 70.

See also:  Keke Ne Demek?

Ele explica essa trajetória pela noção de desenvolvimento: marcada por crises, por ciclos, por altos e baixos. Segundo ele, o cinema brasileiro estava sempre começando do zero, sempre ameaçado por uma crise iminente”. Para o filme brasileiro se afirmar no mercado, Claudia ressalta que há sempre uma dificuldade e uma dependência do aporte do Estado.

“Por vezes, a gente vive períodos francamente hostis à arte, à criação, à produção de filmes, como foi o caso do governo Bolsonaro. Como o cinema brasileiro parece sempre sujeito ao diagnóstico que o Paulo Emílio fez nos anos 70, é importante celebrar essa data: esse compromisso com a produção de filmes, com a continuidade das políticas que foram importantes nas últimas décadas, de descentralização da produção, de maior espaço na TV pública, de políticas inclusivas para que outros segmentos possam estar à frente desses processos, como negros, mulheres”, salienta.

Claudia considera que Minas sempre teve uma tradição cinéfila. Ela cita o Centro de Estudos Cinematográficos (CEC), do Cine Humberto Mauro e dos grupos que se uniram em torno dele para proporem diferentes festivais de cinema e reflexões. “Minas Gerais tem pé forte na produção, no estudo, na reflexão. Hoje, a produção faz jus a essa história.

Tem uma cena muito interessante na Grande BH, que de algum modo está em dia com essa ampliação política de horizontes do cinema brasileiro no sentido de quem produz, de quem está na direção”, afirma. A professora lembra a Filmes de Plásticos, em Contagem, formada por diretores periféricos, negros, que estão contando histórias relacionadas a seus universos.

O que é comemorado Dia 17 agosto?

Clique aqui e consulte nossas políticas. ‘O Dia Nacional do Patrimônio Histórico, comemorado no dia 17 de agosto, é uma homenagem ao espírito incansável do historiador e jornalista mineiro Rodrigo Melo Franco de Andrade.

O que tem Dia 17 de agosto?

Ruínas de São Miguel das Missões, em São Miguel, no Rio Grande do Sul. (Patrimônio Mundial UNESCO) Nesta quinta-feira, dia 17 de agosto, é comemorado o Dia Nacional do Patrimônio Histórico, data que homenageia o historiador e jornalista mineiro, Rodrigo Melo de Andrade, nascido neste dia, em 1898, e o maior responsável pela consolidação jurídica do tema Patrimônio Cultural no Brasil.

Ele foi o primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1937, e continuou até 1967. O Dia Nacional do Patrimônio Histórico é uma data importante e serve como alerta para que políticas nacionais para a preservação cultural no país sejam implementadas. O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU Brasil) tem realizado diversas ações em prol do tema e neste ano, inclusive, lançou a Câmara Temática do Patrimônio do CAU durante a segunda edição do Seminário Nacional de Patrimônio Histórico,

A Câmara Temática do Patrimônio tem como objetivo estimular a valorização e o desenvolvimento sustentável do patrimônio histórico do país, articulando os esforços de diversas entidades no Brasil. A primeira reunião do grupo aconteceu na última quinta-feira, dia 10 de agosto, e a instalação do órgão técnico ocorreu em São Paulo onde também foi realizado o III Encontro sobre Arquitetura, Urbanismo e Patrimônio Cultural do CAU/SP. Cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, Patrimônio Mundial (UNESCO) Seminário Nacional de Patrimônio Fortaleza de São José de Macapá (Macapá/Amapá) Pelo segundo ano consecutivo, o CAU Brasil organizou o Seminário Nacional de Patrimônio Histórico, A edição de 2023, realizada em junho, em São Luís, no Maranhão, teve como tema “Diversidade em Diálogos Permanentes” que discutiu perspectivas para a preservação do patrimônio cultural no Brasil, atuação profissional e assistência técnica.

O Seminário ocorreu paralelo ao 9º Fórum Internacional de Patrimônio Arquitetônico Brasil – Portugal (FIPA), e na ocasião foi aprovada a Carta de São Luís. O documento destaca a importância da política de desenvolvimento urbano e da conservação do patrimônio cultural. Saiba mais. No ano passado, a cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais, foi palco do primeiro seminário que reuniu profissionais de arquitetura e urbanismo, representantes de organizações da área e pesquisadores.

Como resultado dos debates realizados nos encontros o CAU Brasil publicou o documento Recomendações de Ouro Preto, A Carta apresenta um posicionamento oficial da autarquia, das entidades representativas dos profissionais de arquitetura e urbanismo e outros atores integrados aos debates. Casarão da Educação e Cultura, em Corumbá de Goiás/Goiás Segundo a Carta, o protagonismo dos profissionais de Arquitetura e Urbanismo na preservação do patrimônio construído é histórico e marcante tanto no discurso quanto na prática profissional. O restauro é um projeto singular e os arquitetos são os protagonistas da coordenação de sua realização, capaz de formulação histórica, artística e crítica para apresentar as soluções técnicas que ele requer, atuando ao lado de profissionais de outras áreas de conhecimentos e indo além da edificação, construindo cidade. Qual A Data Do Dia Dos Pais Mercado Público Municipal de Lençóis construído às margens do rio que deu nome à cidade (Lençóis/Bahia) Ciclo de Debates O CAU Brasil promoveu entre março e maio deste ano o ciclo de debates “Memória, Projectos, Obras” paralelo à exposição da obra do arquiteto português Eduardo Souto de Moura para ampliar o debate sobre sua obra e, ainda, a importância da preservação de acervos arquitetônicos.

A primeira edição do Ciclo de Debates aconteceu logo após a abertura da exposição, no dia 22 de março, e explorou o tema “Memória”. A segunda sessão teve como tema “Projectos” que foi realizada no dia 05 de abril. O terceiro Ciclo de Debates aconteceu no dia 19 de abril e teve como tema “Obras”. Os três eventos aconteceram no Paço Imperial, no Rio de Janeiro.

O último Ciclo de Debate “Patrimônio e Acervos – memórias da arquitetura brasileira” aconteceu no dia 25 de maio, na Embaixada de Portugal. Saiba mais. Prêmio Rodrigo Melo de Franco de Andrade O IPHAN como forma de honrar sua memória premia anualmente ações de proteção, divulgação e preservação do patrimônio cultural brasileiro com o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, Com o tema “20 anos da Lei nº 10.639/2003: Educação, Democracia e Igualdade Racial” a 36º edição do prêmio contemplará 12 ações de excelência no campo do patrimônio cultural brasileiro realizadas, parcial ou totalmente, entre os anos de 2019 e 2022, por meio de uma abordagem transversal de temas da educação, da democracia e da igualdade racial.

No dia 28 de julho, o IPHAN divulgou o resultado preliminar. COMEMORAÇÕES DOS CAU/UFs E IAB Para celebrar o Dia Nacional do Patrimônio Histórico diversos eventos estão sendo organizados nos estados. CAU/SP No dia 10 de agosto, o CAU/SP realizou o III Encontro sobre Arquitetura, Urbanismo e Patrimônio Cultural com especialistas, representantes do CAU Brasil e outros CAU/UFs, além de representantes e entidades que recebem apoio via parceria de fomento para debater temas relacionados ao patrimônio cultural.

Na ocasião, foram debatidos temas como a aplicação de Assistência Técnica; a prática do canteiro de obras com técnicas tradicionais, ensino e formação; documentação, acervo e memória; estudos de caso em restauro e conservação; e orientação profissional para projetos e obras de restauro.

  1. O CAU/SP também programou uma série de visitas técnicas a edifícios reconhecidos como patrimônio cultural na cidade de São Paulo entre os dias 10 e 31 de agosto.
  2. Um destes locais é a própria sede do CAU/SP, um prédio centenário projetado pelo Escritório F.P.
  3. Ramos de Azevedo & Cia, além da Praça das Artes e do Teatro Municipal.

Link para inscrição: https://forms.office.com/r/J5ddcgCGee CAU/RS O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio Grande do Sul (CAU/RS) mantém a tradição de realizar atividades que promovam e valorizem o Patrimônio e no dia 19 de agosto, às 14h, promove a Caminhada do Patrimônio, um roteiro guiado por especialistas e que (re)visita alguns dos pontos mais icônicos do Centro Histórico de Porto Alegre.

  • O ponto de partida será no Edifício Ely (Rua da Conceição, 283) com ponto de chegada na Casa de Cultura Mário Quintana (Rua dos Andradas, 736).
  • A atividade é gratuita e faz parte da programação do 5º Dia Estadual do Patrimônio Cultural, realizado pela Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul (Iphae).

Não é necessária inscrição prévia. O objetivo da caminhada é ampliar o conhecimento do público sobre a história da formação dos municípios gaúchos, por meio do olhar da Arquitetura e Urbanismo. Saiba mais. CAU/RN Em comemoração ao Dia do Patrimônio o CAU/RN realizou no último sábado, dia 12 de agosto, mais uma edição do CAU Visita.

A terceira edição percorreu territórios coloniais e sítios arquitetônicos urbanísticos de valor histórico do litoral oriental do Rio Grande do Norte. O roteiro foi elaborado pelo professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFRN, Rubenilson Teixeira, que foi o guia durante o CAU Visita, que explorou lugares e espaços urbanos de importância histórica desconhecidos, inclusive pelos arquitetos e urbanistas, que não são valorizados pelo turismo.

A ocupação colonial é marcada por arquitetura religiosa, fortificações, economia açucareira, casas de câmara e cadeia entre outros. O passeio incluiu ida às Ruínas da Igreja de São Miguel, na cidade de Extremoz, as Praças, Antônio Barros, Coronel José Araújo e Presidente Vargas, em São José de Mipibu, Nísia Floresta e Arês, respectivamente.

O Engenho Cunhaú, e Barra de Cunhaú, em Canguaretama, a rua Emídio Fagundes, em Vila Flor. Finalizando o itinerário, as ruínas da Casa de João Lostau, em Nísia Floresta. IAB/SP O Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento São Paulo (IAB/SP) promoverá a Jornada do Patrimônio. Desde 2015, o evento, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, acontece todo terceiro final de semana de agosto.

Neste ano, quando o IAB/SP celebra 80 anos de existência, a sede (Rua Bento Freitas, 306 – 1º andar) estará de portas abertas no dia 19 de agosto, das 10h às 17h, com visitas guiadas. A programação do dia inclui ainda roda de conversa sobre patrimônio cultural e habitação de interesse social, exposição de fotografias de estudantes da FAU-Mackenzie que retratam o bairro e o entorno do edifico do IAB e roteiro fotográfico pela arquitetura do centro.

O que se comemora no Dia 25 de agosto?

O Dia do Soldado busca homenagear o empenho dos soldados do Exército Brasileiro em proteger a nação. Ouça o texto abaixo! O Dia do Soldado, no Brasil, é comemorado no 25 de agosto. Essa comemoração faz referência à data de nascimento de Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, nascido em 1803.

O que se comemora no Dia 23 de agosto?

Embora 23 de agosto não seja um feriado a data celebra marcos importantíssimos para a sociedade. Em resumo, é neste marco celebra-se o Dia Internacional de Lembrança do Tráfico de Escravos e sua Abolição, Dia da Intendência, Dia do Aviador Naval e Dia Mundial de Combate à Injustiça.

O que se comemora no Dia 21 de agosto?

No dia 21 de agosto, o Brasil celebra o Dia Nacional da Habitação, uma data que destaca a importância de garantir o direito fundamental de todo cidadão: uma moradia digna. ‍ Nessa ocasião, refletimos sobre os avanços conquistados e os desafios que ainda persistem no cenário habitacional do país.

  1. ‍ A busca por soluções que promovam acesso igualitário a habitações de qualidade continua sendo uma prioridade, enquanto programas, políticas públicas e esforços conjuntos moldam o futuro das comunidades e contribuem para um Brasil mais justo e inclusivo.
  2. ‍ No novo post do blog uCondo, vamos falar sobre os programas habitacionais que marcaram o país e a importância contínua de assegurar que cada indivíduo possa chamar um lugar de ‘lar’.

‍ Índice: ‍

  • Qual é a definição de habitação?
  • Qual é a principal função da habitação?
  • Qual a diferença de moradia e habitação?
  • Quais são os tipos de habitação?
  • O que é um programa habitacional?
  • Quais são os programas de Habitação?
  • Qual a vantagem de viver em condomínio?
  • Como melhorar a convivência no condomínio?

Qual A Data Do Dia Dos Pais Existem diversos conceitos relacionados a habitação.

O que se comemora no Dia 30 de agosto?

30/8 – Dia Nacional de Conscientização Sobre a Esclerose Múltipla | Biblioteca Virtual em Saúde MS Em 30 de agosto é celebrado o Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla (EM). É uma data de extrema importância para os pacientes de EM e seus familiares, representando uma conquista fundamental na luta pela divulgação e pelo reconhecimento da doença no cenário nacional.

A data foi celebrada pela primeira vez em 2006, ao ser instituída pela, fruto de um intenso trabalho da Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (ABEM) para que fosse oficializado um momento de visibilidade nacional para a Esclerose Múltipla, seus pacientes e os desafios por eles enfrentados no dia a dia.30/8 é a data em que nasceu a fundadora da ABEM, Ana Maria Levy.

EM é uma doença neurológica, crônica e autoimune – ou seja, as células de defesa do organismo atacam o próprio sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e medulares. Embora a causa da doença ainda seja desconhecida, a EM tem sido foco de muitos estudos no mundo todo, o que têm possibilitado uma constante e significativa evolução na qualidade de vida dos pacientes, que são geralmente jovens, em especial mulheres de 20 a 40 anos.

  • A Esclerose Múltipla não tem cura e pode se manifestar por diversos sintomas, como por exemplo, fraqueza, desequilíbrio, tontura, fadiga, visão turva, dor nos olhos, dificuldade de concentração e memória, dores articulares e disfunção intestinal e da bexiga, além de humor mais deprimido.
  • O diagnóstico é feito por um neurologista por meio de critérios clínicos, auxiliado por exames de ressonância magnética e laboratoriais.
See also:  Black Adam Ne Zaman Kacak?

O diagnóstico e o tratamento precoces ajudam na evolução mais favorável da doença na maioria dos casos, com controle importante na taxa de surtos e na progressão de possíveis incapacidades. Sobre o tratamento, existem atualmente diversos medicamentos disponíveis, muitos disponibilizados, gratuitamente, pelo Sistema único de Saúde (SUS), por meio das Secretarias Estaduais de Saúde.

Fontes:

: 30/8 – Dia Nacional de Conscientização Sobre a Esclerose Múltipla | Biblioteca Virtual em Saúde MS

O que se comemora no Dia 28 de agosto?

Nesta segunda-feira, 28 de agosto, comemora-se o Dia Nacional do Voluntariado.

O que se comemora no Dia 26 de agosto?

26 de agosto é o Dia Internacional da Igualdade Feminina.

O que vai acontecer dia 13 de agosto de 2023?

Assim como em julho de 2023, agosto deste ano não conta com nenhum feriado. O mais próximo de uma comemoração que temos é o Dia dos Pais. Sempre celebrado no 2º domingo do mês, a data cai no dia 13 de agosto em 2023. No ano passado, a Agência Brasil falou sobre a origem da data. Agosto também tem “três centenários”. No dia 13 de agosto, o Copacabana Palace, o mais tradicional hotel do Rio de Janeiro, completa 100 anos de fundação. Ao longo de sua história centenária, o Copacabana Palace recebeu hóspedes ilustres e sediou grandes eventos sociais e culturais.

  1. Na década de 1940, o Copacabana Palace era o local de gravação do programa Ritmos do Copacabana Palace, da Rádio Nacional.
  2. Em 2016, o Todas as Vozes, falou sobre a trajetória do programa.
  3. No dia 16, o nascimento de Millôr Fernandes completa 100 anos.
  4. O desenhista, que é uma figura influente no cenário artístico e intelectual do Brasil, foi tema do Observatório da Imprensa em 2012 (quando faleceu).

Para terminar a nossa lista de hoje, há os 100 anos de nascimento da cantora carioca Emilinha Borba, conhecida como a “Rainha do Rádio”. Ela (que ilustra a reportagem deste mês) foi uma das intérpretes mais populares do samba, marcha e choro, foi um dos principais nomes da Rádio Nacional e foi destaque no programa Recordar é TV em 2018.

  1. Na época, foi reapresentada uma entrevista dela com o cartunista Ziraldo na TVE do Rio na década de 1980.
  2. Agosto de 2023 1 Nascimento do compositor fluminense Arlindo Marques Junior (110 anos) Dia Mundial do Aleitamento Materno – comemoração internacional, que foi criada em 1992 pela Aliança de Ação Mundial pró-amamentação para ser festejada na data da abertura da “Semana Mundial do Aleitamento Materno”; promove o exercício da amamentação natural para bebês de até 2 anos de idade e combate a desnutrição infantil 2 Sequestro do menino Carlinhos, no Rio de Janeiro, crime nunca solucionado (50 anos) 3 Morte do jornalista fluminense Luiz Paulo Horta (10 anos) Morte do romancista, dramaturgo e historiador russo Alexander Issaiévich Soljenítsin (15 anos) – suas obras construíram e celebrizaram a imagem que o mundo tem a respeito aos gulags, sistema prisional baseado em trabalhos forçados existente na antiga União Soviética.

Recebeu o Nobel de Literatura de 1970 Morte do compositor russo Alfred Garrievitch Schnittke (25 anos) – o compositor mais importante a surgir na Rússia desde Dmitri Shostakovich Última apresentação dos Beatles, no Cavern Club, em Liverpool (60 anos) Dia do Skate – data aprovada por lei municipal de São Paulo em 1995 e atualmente também comemorada em outros Estados do Brasil Dia do Capoeirista – comemoração do Estado do Rio de Janeiro, estabelecida pela Lei No 6.732 de 26 de março de 2014, porém está se popularizando e há projetos de lei tramitando no Congresso para que se oficialize nacionalmente 4 Prisão do motoboy Francisco de Assis Pereira, conhecido como “maníaco do parque” e autor confesso de diversos assassinatos (25 anos) Dia Internacional da Cerveja – comemoração móvel internacional, que foi lançada em 2007 na cidade norte- americana de São Francisco na Califórnia, cuja data da celebração pode ocorrer entre os dias 1 de agosto e 7 de agosto de cada ano no calendário gregoriano, na primeira sexta-feira do mês 5 Nascimento do motociclista e automobilista paulista Antônio Jorge Neto (60 anos) Dia Nacional da Saúde – comemoração do Brasil, que foi instituída pela Lei No 5.352 de 8 de novembro de 1967, com a finalidade de promover a educação sanitária e despertar no povo, a consciência do valor da saúde Dia Nacional da Vigilância Sanitária – comemoração do Brasil, que foi criada pela Lei No 13.098 de 27 de janeiro de 2015; durante essa data, deverão ser realizadas atividades celebrativas envolvendo o Sistema Único de Saúde e o Sistema de Vigilância Sanitária em todas as esferas de governo 6 Morte do religioso italiano Giovanni Battista Enrico Antonio Maria Montinido, o Papa Paulo VI (45 anos) Morte do jornalista e empresário fluminense Roberto Marinho (20 anos) Fim do pontificado do religioso italiano Giovanni Battista Enrico Antonio Maria Montinido, o Papa Paulo VI (45 anos) 7 Morte do ator, diretor, pedagogo e escritor russo Constantin Stanislavski (85 anos) – mundialmente conhecido pelo seu “sistema” de atuação para atores e atrizes.

Embora pensadas para o teatro, suas proposituras cênicas são largamente utilizadas por artistas de cinema e televisão Morte do químico sueco Jöns Jacob Berzelius (175 anos) – um dos fundadores da química moderna Morte do cantor fluminense Orlando Silva (45 anos) Criação do Instituto dos Advogados Brasileiros (180 anos) – instituição máxima do conhecimento jurídico na prática advocatícia no Brasil, criado por ato oficial de 7 de agosto de 1843, sendo a entidade responsável pela criação da Ordem dos Advogados do Brasil 8 Nascimento do ex-piloto inglês Nigel Mansell (70 anos) – campeão mundial de fórmula 1 em 1992 Dia Mundial do Pedestre 9 Criação da Força Expedicionária Brasileira, por meio da Portaria Ministerial no 4744 (80 anos) Dia Internacional dos Povos Indígenas – comemoração mundial, que foi instituída pela Assembleia Geral da ONU através da Resolução 49/214 de 23 de dezembro de 1994 10 Nascimento do poeta, advogado, jornalista, etnógrafo e teatrólogo maranhense Antônio Gonçalves Dias (200 anos) – grande expoente do romantismo brasileiro e da tradição literária conhecida como “indianismo”, é famoso por ter escrito os poemas “Canção do Exílio”, “I-Juca-Pirama” e muitos outros nacionalistas e patrióticos que viriam a dar-lhe o título de poeta nacional do Brasil.

Foi um ávido pesquisador das línguas indígenas e do folclore brasileiro 11 Nascimento do Hip Hop (50 anos) – data considerada pela festa de aniversário em que Clive Campbell, conhecido como DJ Kool Kerc, tocou utilizando dois discos iguais em dois aparelhos, simultaneamente, para estender as partes rítmicas sem letra das músicas.

Esse movimento ficou conhecido como “break beat” Dia da Televisão – Data criada pelo papa Pio XII em 1958 em homenagem à Santa Clara de Assis Dia do Pendura – a data faz referência à lei promulgada em 11/08/1827, que criou os primeiros cursos de ciências jurídicas no país. É comemorada por estudantes brasileiros de Direito, que vão aos restaurantes e mandam “pendurar” a conta do consumo; tradição que tem suas raizes no 1o Império do Brasil, época em que os proprietários de estabelecimentos alimentícios terminavam por convidar os Advogados e Acadêmicos de Direito para comemorarem a data em seus bares e restaurantes 12 Morte do cantor fluminense Élcio Neves Borges, o Barrerito (25 anos) – integrante do Trio Parada Dura Eclode a Revolta dos Alfaiates, a Conjuração Baiana (225 anos) Fundação da primeira escola de samba do Brasil, a “Deixa Falar”, por Ismael Silva, no Estácio (95 anos) Dia Internacional da Juventude – comemoração instituída pela ONU na sua resolução No 54/120 de 17 de dezembro de 1999, confirmando uma proposta da “Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude”, realizada na cidade de Lisboa entre 8 e 12 de agosto de 1998 Dia Nacional das Artes – comemorado extraoficialmente por brasileiros para marcar a data da fundação da Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios, que foi criada em 12 de agosto de 1816 por um decreto do então Príncipe Regente do Brasil, Dom João VI, sob a inspiração da Missão Artística Francesa Dia dos Pais – comemoração móvel extraoficial do Brasil, celebrada no segundo domingo do mês, foi criada em 1953 pelo publicitário brasileiro Sylvio Bhering (data móvel) 13 Nascimento da atriz paulista Rosângela Maldonado (95 anos) Equipe do basquete brasileiro ganha medalha de bronze nas Olimpíadas de Londres (70 anos) – a primeira do país em esportes coletivos 14 Nascimento do jornalista fluminense Luiz Paulo Horta (80 anos) Morte do professor, escritor e crítico literário fluminense Alceu Amoroso Lima, o “Tristão de Athayde” (40 anos) Dia do controle da poluição industrial – data compõe calendário comemorativo do Ministério do Meio Ambiente e também é reconhecida em alguns locais como Dia do combate à poluição 15 Morte do compositor e gambista francês do período barroco Marin Marais (295 anos) 16 Nascimento do cantor e compositor goiano Odair José (75 anos) Morte do cantor e compositor baiano Dorival Caymmi (15 anos) Morte do médico e cientista francês Jean-Martin Charcot (130 anos) – um dos maiores clínicos e professores de medicina da França e, juntamente com Guillaume Duchenne, o fundador da moderna neurologia.

Suas maiores contribuições para o conhecimento das doenças do cérebro foram o estudo da afasia e a descoberta do aneurisma cerebral e das causas de hemorragia cerebral Nascimento da cantora estadunidense Madonna Louise Veronica Ciccone (65 anos) Nascimento do desenhista, humorista, dramaturgo, escritor, poeta, tradutor e jornalista fluminense Millôr Fernandes (100 anos) César Cielo ganha 1a medalha de ouro da natação brasileira em Pequim 2008 e bate recorde olímpico nos 50 metros livre (15 anos) 17 Dia Nacional do Patrimônio Cultural 18 Morte do ator, roteirista, diretor, produtor, sonoplasta, contrarregra e autor de telenovelas paulista Cassiano Gabus Mendes (30 anos) – pioneiro da televisão no Brasil, primeiro diretor artístico da televisão brasileira Nascimento do político paulista Orestes Quércia (85 anos) 19 Nascimento do cantor e compositor fluminense Francisco Alves (125 anos) – foi um dos mais populares cantores do Brasil na primeira metade do século XX.

  • A qualidade de seu trabalho lhe rendeu em 1933, pelo radialista César Ladeira, a alcunha de “Rei da Voz”.
  • Contratado pela Rádio Nacional Dia Mundial da Fotografia – comemorado para marcar a data de 19 de agosto de 1849, em que o Daguerreótipo, um invento do pesquisador francês Louis Jacques Mandé Daguerre, foi anunciado ao mundo na Academia de Ciências da França em Paris Dia Nacional do Historiador – comemorado por brasileiros, conforme Lei No 12.130 de 17 de dezembro de 2009, em referência à data do nascimento do diplomata, político, jornalista, historiador e literato brasileiro, Joaquim Aurélio Barreto Nabuco de Araújo Dia Nacional do Ciclista – Data aprovada pelo Senado Federal em referência à data da morte do ambientalista, biólogo e ciclista brasileiro, Pedro Davison, que foi atropleado por um motorista alcoolizado em Brasília em 2006 Dia Mundial da Ajuda Humanitária – comemoração instituída pela 63a Assembléia Geral da ONU na Resolução A-63-L.49 de 11 de dezembro de 2008, em tributo dos cerca de 100 prestadores humanitários de serviços que foram vitimados mortalmente em serviço por ano na primeira década do século 21, e para marcar a data do atentado de 19 de agosto de 2003 contra a sede da ONU em Bagdá no Iraque Dia do Artista de Teatro – surgiu a partir do Decreto de Lei no 6.533, de 24 de maio de 1978, que regulamenta as profissões de artista e técnico de espetáculos de diversões – atores, diretores, sonoplastia, iluminação e figurino (40 anos) 20 Morte do compositor e cantor maranhense Cristóvão Alô Brasil (25 anos) – figura importante de grupos tradicionais como o bloco Fuzileiros da Fuzarca, a Turma do Quinto e o Jazz Iraquitã Nascimento do compositor e cantador do bumba meu boi de São José Ribamar, João Costa Reis, o João Chiador (85 anos) Nascimento do músico, cantor, e compositor britânico Robert Plant (75 anos) – vocalista da banda de rock Led Zeppelin Estreia da ópera “Maria Golovin”, de Gian Carlo Menotti – primeira apresentação no International Exposition Pavilion Theatre na Expo ’58 em Bruxelas (65 anos) Maria Quitéria é condecorada com a Ordem do Cruzeiro pelo Imperador D.

Pedro I por sua participação da Guerra da Independência (200 anos) 21 Morte da militar baiana Maria Quitéria de Jesus Medeiros (170 anos) – heroína da Guerra da Independência. Foi a primeira mulher a ser reconhecida por assentar praça numa unidade militar das Forças Armadas Brasileiras e a primeira mulher a entrar em combate pelo Brasil, em 1823 Início da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla 22 Nascimento do compositor e instrumentista mineiro Francisco Mário de Souza, mais conhecido como Chico Mário (75 anos) – irmão do cartunista Henfil e do sociólogo Betinho Morte do poeta, cronista e engenheiro civil paulista Alexandre Ribeiro Marcondes Machado, o Juó Bananére (90 anos) Nascimento do fotógrafo francês Henri Cartier-Bresson (115 anos) Criação da Fundação Cultural Palmares (35 anos) – primeira instituição pública voltada para promoção e preservação da arte e da cultura afro-brasileira Dia Nacional do Folclore 23 Morte do poeta e escritor paulista Menotti del Picchia (35 anos) Morte do cantor fluminense Vicente Celestino (55 anos) Dia Internacional de combate à injustiça Dia Internacional para Relembrar o Tráfico de Escravos e sua Abolição – comemoração instituída pela UNESCO na Resolução No 29 C/40 de 1998, para marcar a data do “Acontecimento do Bosque Caiman”, início da revolta dos escravos haitianos na ilha de Santo Domingos em 1791, importante evento em prol da abolição do comércio transatlântico de escravos 24 Morte do ator e encenador fluminense João Caetano (160 anos) – importante personagem da profissionalização do teatro no Brasil 25 Nascimento do militar e político fluminense Luiz Alves de Lima, o Duque de Caxias (220 anos) – patrono do Exército Brasileiro Inauguração da rodovia Rio – Petrópolis, pelo então presidente da República Washington Luís (95 anos) Dia do Soldado – a data homenageia o dia do nascimento de Luís Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias, patrono do Exército Brasileiro que se tornou conhecido como “o pacificador” após sufocar muitas rebeliões contra o Império 26 Nascimento do cantor e compositor maranhense Santa Cruz (65 anos) – reconhecido nome do reggae maranhense Nascimento do químico francês Antoine Laurent de Lavoisier (280 anos) – considerado o pai da química moderna Morte do jogador e treinador de futebol fluminense Moisés Matias de Andrade (15 anos) Nascimento do cantor e compositor fluminense Dori Caymmi (80 anos) Nascimento da socióloga, professora e escritora paulista Maria Isaura Pereira de Queiroz (105 anos) – foi premiada com o Prémio Jabuti 1967 27 Dia Nacional do Psicólogo 28 Marcha sobre Washington por Trabalho e Liberdade (60 anos) – movimento político de grande proporção em que Martin Luther King, um de seus organizadores, proferiu a famosa frase “I have a dream!”, “eu tenho um sonho!” Fundação da Central Única de Trabalhadores – CUT (40 anos) 29 Nascimento do cantor, compositor, arranjador e instrumentista fluminense Eduardo de Góes Lobo, o Edu Lobo (80 anos) Nascimento do cantor, compositor, dançarino, produtor, empresário, arranjador vocal, filantropo, pacifista e ativista estadunidense Michael Jackson (65 anos) Nascimento da ensaísta, tradutora e crítica de teatro fluminense Heliodora Carneiro de Mendonça, a Bárbara Heliodora (100 anos) Chacina na favela Vigário Geral, que culminou na execução de 21 moradores (30 anos) Licenciamento do primeiro automóvel do Brasil, no Rio de Janeiro, como propriedade de Francisco Leite de Bittencourt Sampaio (120 anos Dia Nacional de Combate ao Fumo – comemoração do Brasil, que foi instituída pela Lei No 7.488 de 11 de junho de 1986 Dia Nacional da Visibilidade Lésbica – foi instituída no Brasil pelo 1o SENALE (Seminário Nacional de Lésbicas), ocorrido em 1996 na cidade do Rio de Janeiro Dia Mundial Contra Testes Nucleares – data reconhecida pela ONU em dezembro de 2009 30 Morte da cantora paulista Isaurinha Garcia (30 anos) – no fim da década de 1940, já era uma cantora de expressão nacional, que recebia convites para se apresentar na Rádio Nacional do Rio de Janeiro no programa César de Alencar e na boate do Hotel Copacabana Palace Dia Internacional das Nações Unidas para as Vítimas de Desaparecimentos Forçados – comemoração instituída pela Assembléia Geral das Nações Unidas na Resolução No 65/209 de 21 de dezembro de 2010, que já era celebrada desde 1981 na América Latina e Caribe, contando também com o apoio de conceituadas entidades internacionais de ajudas humanitárias em todo o mundo 31 Nascimento da cantora de samba, marcha e choro carioca Emília Savana da Silva Borba, a Emilinha Borba (100 anos) – uma das mais populares cantoras brasileiras e uma das estrelas da Rádio Nacional

See also:  Afaki Ne Demek?

O que se comemora no dia 19 de junho?

APPA | DIA DO CINEMA BRASILEIRO É COMEMORADO EM 19 DE JUNHO Hoje, dia 19, celebra-se uma data memorável: o Dia do Cinema Brasileiro. Essa efeméride presta uma homenagem ao dia em que o cinegrafista e diretor ítalo-brasileiro Afonso Segreto registrou as primeiras imagens em movimento no Brasil: em 1898, o navio onde viajava entrava na baía da Guanabara. Deus e o Diabo na Terra do Sol (Crédito: divulgação) Para Comemorar o Dia do Cinema Brasileiro, um dos mais antigos e longevos cineclubes do país, o Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes, faz uma sessão extraordinária dedicada a um dos maiores nomes do movimento Cinema Novo e um de nossos cineastas mais festejados no exterior, Glauber Rocha, com a exibição de sua obra-prima “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1964), uma versão restaurada em 4K, em 35 mm.

  • A sessão gratuita será comentada pelo poeta, artista e pesquisador de intermídia Ricardo Aleixo.
  • Na ocasião, serão ainda sorteados os catálogos da mostra Kynoperzpektyva18, realizada em 2018, que contém os livros “Crítica Esparsa” e “O Nascimento dos Deuses”.
  • Segundo Vítor Miranda, gerente de cinema da Fundação Clóvis Salgado, o Cine Humberto Mauro sempre foi um espaço de formação de público.

“Todo mundo fala isso, que conheceu cineastas e filmes através do cineclube. As pessoas do cinema têm uma devoção muito grande com o espaço”, explica. Como é gratuito, ele recebe não só cinéfilos, mas também pessoas em situação de rua. “Por esse motivo, tentamos trazer uma programação diversa, de repertório e popular, contemplando diversas partes do mundo e de épocas diferentes”, acrescenta.

  1. Para o gestor da Humberto Mauro, o cinema é uma parte importante da identidade nacional, de construção de memória, e precisa ser fomentado pelo Estado.
  2. Além de nomes de projeção nacional e internacional como Glauber Rocha, Nelson Pereira dos Santos, Cacá Diegues, Arnaldo Jabor, Walter Salles, José Padilha e Fernando Meirelles, é importante reverenciar ícones mineiros, como Humberto Mauro, Carlos Alberto Prates Correia, recém-falecido, Maurício Gomes Leite, Helvécio Ratton, Elza Cataldo, Eder Santos e Cao Guimarães, entre tantos outros, como os nomes da nova geração, entre eles Affonso Uchôa, Clarissa Campolina, Helvécio Marins Jr, Marília Rocha e Gabriel Martins, esse último diretor “Marte Um”, filme que projetou Minas Gerais a além das fronteiras e acabou escolhido para representar o Brasil na disputa por uma vaga no Oscar 2023.

Um desses nomes da velha-guarda é o cineasta Rafael Conde, dos curtas-metragens “O Ex-Mágico da Taberna Minhota” e “A Hora Vagabunda” e dos longa-metragens “Samba-Canção” e “Fronteira”. Para ele, o cinema brasileiro hoje está diante de questões importantes, mais associadas ao formato do que a estética.

Hoje, afirma ele, existem, além do cinema, novos espaços de exibição como as plataformas de streaming, o que, por sua vez, tem feito o cinema nacional, como o mundial, serem repensados. “Esses novos canais têm demandado muito. É uma grande produção em filmes e séries que fazem o cinema se expandir cada vez mais.

Principalmente após a pandemia, estamos em plena retomada”. Conde se prepara para lançar seu segundo longa-metragem, depois de um hiato de 21 anos, “Zé”, na 18ª Mostra de Cinema de Ouro Preto, que acontece de 21 a 26 de junho na cidade histórica. Rodado em Cataguases, na Zona da Mata, no final de 2021, o filme é uma ficção baseada em fatos reais.

  1. Entre 1946 e 1973, o estudante José Carlos da Mata Machado, o Zé, um líder estudantil interpretado pelo ator Caio Horowicz participa de um grupo de resistência contra a ditadura militar (1964-1985).
  2. Perseguido, ele deixa o conforto de uma vida burguesa para trabalhar com alfabetização e conscientização política no interior do Nordeste, na clandestinidade.

Mas é perseguido e morto pela ditadura militar. Sobre o cinema mineiro propriamente dito, Rafael Conde afirma que o cinema brasileiro produzido em Minas é muito forte, até porque ele se desloca muito. O cineasta destaca co-produções de filmes de ficção, de animação e séries de TV.

“Com a retomada da Ancine (a Agência Nacional de Cinema anunciou no início deste ano investimentos de mais de R$ 1 bilhão para o setor audiovisual, incluindo projetos cinematográficos de todas as regiões do país, após a total paralisação em 2020 e 2021), os programas voltados para a produções regionais tendem a crescer ainda mais.

Há mais filmes autorais, experimentais, sendo feitos. O cinema brasileiro feito em Minas também está sendo reconhecido no Brasil e no exterior.” Claudia Mesquita, professora de comunicação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), considera simbólica a data.”O Paulo Emílio Sales Gomes, que era um crítico, uma pessoa devotada à preservação do Cinema Brasileiro e um dos criadores da Cinemateca Brasileira, tem um texto conhecido, ‘Cinema: Trajetória no Subdesenvolvimento’, onde conta a história do cinema desde o começo dos anos 70.

  1. Ele explica essa trajetória pela noção de desenvolvimento: marcada por crises, por ciclos, por altos e baixos.
  2. Segundo ele, o cinema brasileiro estava sempre começando do zero, sempre ameaçado por uma crise iminente”.
  3. Para o filme brasileiro se afirmar no mercado, Claudia ressalta que há sempre uma dificuldade e uma dependência do aporte do Estado.

“Por vezes, a gente vive períodos francamente hostis à arte, à criação, à produção de filmes, como foi o caso do governo Bolsonaro. Como o cinema brasileiro parece sempre sujeito ao diagnóstico que o Paulo Emílio fez nos anos 70, é importante celebrar essa data: esse compromisso com a produção de filmes, com a continuidade das políticas que foram importantes nas últimas décadas, de descentralização da produção, de maior espaço na TV pública, de políticas inclusivas para que outros segmentos possam estar à frente desses processos, como negros, mulheres”, salienta.

Claudia considera que Minas sempre teve uma tradição cinéfila. Ela cita o Centro de Estudos Cinematográficos (CEC), do Cine Humberto Mauro e dos grupos que se uniram em torno dele para proporem diferentes festivais de cinema e reflexões. “Minas Gerais tem pé forte na produção, no estudo, na reflexão. Hoje, a produção faz jus a essa história.

Tem uma cena muito interessante na Grande BH, que de algum modo está em dia com essa ampliação política de horizontes do cinema brasileiro no sentido de quem produz, de quem está na direção”, afirma. A professora lembra a Filmes de Plásticos, em Contagem, formada por diretores periféricos, negros, que estão contando histórias relacionadas a seus universos.

O que se comemora no dia 19 de março?

Dia de São José: conheça as comemorações da data celebrada neste domingo (19) A solenidade de é celebrada neste domingo, 19 de março. A tradição católica considera o santo um patrono da Igreja, cujo reconhecimento e devoção são associados pelos fieis à proteção oferecida por São José a Maria e a Jesus.

Outra lição atribuída a São José é a valorização do silêncio e do recolhimento, que são marcas do período da Quaresma, o momento do calendário cristão entre a Quarta-feira de Cinzas e o Domingo de Ramos, que dá início às celebrações da Páscoa. “José é chamado o santo do silêncio. O Evangelho não registra nenhuma palavra dita por ele.

Construiu sua santidade na simplicidade, na humildade e no silêncio de Nazaré. Precisamos, hoje, cultivar a estima pelo silêncio, essa admirável e indispensável condição do espírito. Somos hoje, assediados por tantos clamores, ruídos e gritos da vida moderna barulhenta e estressante”, afirma o cardeal Orani Tempesta, em artigo para a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Em homilia, momento da missa em que um celebrante se dirige aos fieis, o afirmou que São José era um homem concreto, mas com o coração aberto. “O sonho é um lugar privilegiado para buscar a verdade, porque ali não nos defendemos da verdade. Vêm e Deus fala também nos sonhos. Nem sempre, porque normalmente é o nosso inconsciente que vem, mas Deus muitas vezes escolheu falar nos sonhos.

E o fez muitas vezes, na Bíblia se vê, não? Nos sonhos. Mas José era o homem dos sonhos, mas não era um sonhador. Não tinha fantasias. Um sonhador é outra coisa: é aquele que crê vai está no ar e não tem os pés no chão. José tinha os pés no chão. Mas era aberto”, disse Francisco.

O que se comemora no dia 13 de agosto?

Portoweb – Datas Comemorativas. Dia 13 de agosto é comemorado o Dia Internacional do Canhoto. Ainda que já não sejam tão estigmatizados pela sociedade quanto eram há alguns anos, os canhotos ainda sofrem com muita discriminação.