Laboratorio Cianorte

Dicas, Recomendações, Ideias

Qual O Dia De SãO JoãO?

Qual é o verdadeiro Dia de São João?

O dia de São João é comemorado em 24 de junho para lembrar o dia em que nasceu João Batista, o profeta que previu o nascimento de Jesus Cristo e faz parte do calendário da Igreja Católica.

Qual é o dia de fazer a fogueira de São João?

O Dia de São João, marcado pelas tradicionais festas juninas no próximo sábado (24), tem origem na religiosidade da Península Ibérica. Ao chegar no Brasil com a colonização portuguesa, diversos elementos da cultura popular, como as comidas típicas da colheita do milho nessa época do ano, passaram a fazer parte da celebração dos santos do mês de junho.

  • Segundo a Igreja Católica, São João é na verdade João Batista.
  • O personagem bíblico é considerado pela crença o precursor de Jesus e o último dos profetas.
  • João Batista anunciou a chegada de Jesus Cristo e o batizou nas águas do Rio Jordão.
  • Sua mãe, Santa Isabel, e Maria Mãe de Jesus seriam primas.
  • Leia mais: São João é feriado? As regras variam de acordo com a localidade; confira os detalhes A homenagem aos santos juninos começa com Santo Antônio, o santo casamenteiro, no dia 13 de junho.

Depois, o nascimento de São João é celebrado pela liturgia no dia 24; e São Pedro, no dia 29 de junho, encerra o mês de festejos acompanhados por danças, fogueiras e culinária típica. A fogueira de São João, um dos principais símbolos da festa junina, é acesa na noite do dia 23 de junho e preparada para queimar durante vários dias de festa. Ritmo que embala as festas do mês de junho, forró é patrimônio cultural imaterial do Brasil / Arnaldo Felix/Prefeitura de Caruaru Outra origem da tradição junina é a pagã, ou seja, anterior ao cristianismo. As celebrações homenageavam deuses da natureza e da fertilidade.

A época da festividade teria relação com o solstício de verão, que ocorre em junho no hemisfério norte. Já no Brasil, com a chegada do solstício de inverno, a fogueira aquece e simboliza a união das pessoas ao seu redor. Leia também: Viva São João! Há registros anteriores à Idade Média de povos camponeses em volta de fogueiras para agradecer a boa colheita e pedir proteção contra maus espíritos.

O costume de acender grandes fogueiras nessa época do ano teria sido incorporado pelo cristianismo nas festas juninas. Assim, a Igreja Católica passou a adotar um tipo de fogueira para cada santo popular, sendo a redonda de São João, quadrada de Santo Antônio, e a triangular de São Pedro.

Trazida de Portugal como “Festa Joanina”, em referência a João Batista, logo as festas juninas caíram no gosto popular, principalmente no Nordeste. A cultura e o modo de vida do interior são protagonistas das festas de junho, que também é sinônimo de mesa farta. Tanto é que Luiz Gonzaga eternizou na música “A Festa do Milho”, a importância do cultivo a tempo de festejar o São João com pamonha e canjica.

“O sertanejo festeja / A grande festa do milho / Alegre igual a mamãe / De ver voltar o seu filho”, canta o Rei do Baião. Para além dos significados religiosos, a influência de diversas culturas e crenças faz da tradição das festas juninas uma das maiores manifestações folclóricas do país.

Porque o São João é comemorado no dia 24 de junho?

Por que dia 24 é dia de São João? – A teve origem na Idade Média, onde a igreja católica começou a substituir os rituais realizados para deuses pagãos por festas dedicadas aos santos. No dia 24 de Junho era celebrado o solstício de verão no hemisfério norte e a renovação da natureza.

Qual é a véspera de São João?

Qual é a data da véspera de São João? A data da véspera do dia de São João ocorre no dia 23 de junho.

São João é dia 25?

O Dia de São João Batista é comemorado neste sábado, 24 de junho, data que marca seu nascimento. São João é tradicionalmente conhecido como o “Santo Festeiro” e símbolo das festas juninas de norte a sul do País. Essas comemorações, que ocorrem durante todo o mês de junho, são caracterizadas por forró, danças, pratos típicos, brincadeiras e na sua grande maioria uma bela fogueira. Comemoração chegou ao Brasil com os portugueses e se popularizou muito no Nordeste Foto: Tiago Queiroz/Estadão “Essa é uma simbologia que hoje é multicultural. Essa simbologia tem uma representação muito forte porque envolve não só a tradição religiosa dos padroeiros, mas as festas profanas que são regadas a muito forró, baião e xote”, explica Emanuel Andrade, professor e pesquisador da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

  1. São João Batista é o único santo que tem tanto o nascimento quanto seu martírio, em 29 de agosto, evocados em duas solenidades distintas pela Igreja Católica.
  2. Além de todas as festividades, o religioso também é considerado o santo mais próximo de Cristo, pois além de ser seu parente de sangue, Jesus foi batizado por ele nas margens do rio Jordão.

Desde que as festas juninas foram trazidas pelos portugueses, a comemoração sofreu influências das culturas africanas e indígenas e, por isso, ela possui características peculiares em cada parte do Brasil. Continua após a publicidade Para além do sincretismo católico, as religiões de matrizes africanas celebram a data com o culto ao orixá Xangô, divindade que representa a justiça, a sabedoria, o raio e o fogo.

Assim como São João, o orixá é referenciado através da fogueira em casas de axé de todo o Brasil. “A fogueira de Xangô é acesa normalmente como se acende uma fogueira de São João. Ela é acesa para celebrar a vida e para cantar o fogo. É no fogo que ele se apresenta, no momento em que cantamos e ofertamos”, diz o babalorixá Pai Luiz de Ossain, responsável pelo terreiro Ilê Axé Togum lejí, no Recife.

O crescimento da festividade aconteceu sobretudo no Nordeste. O São João de Caruaru, em Pernambuco, terá 65 dias de festa, que começou no dia 28 de abril e chega ao fim apenas em 1º de julho. Em 2022, o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, em Caruaru, recebeu mais de 1 milhão de visitantes nas mais de mil apresentações da programação.

  1. Segundo dados da Prefeitura Municipal de Caruaru, a festa movimentou financeiramente, ao todo, R$ 558 milhões, entre hotelaria, turismo, alimentação e geração de emprego e renda.
  2. Vale lembrar que nos Estados de Pernambuco, Alagoas e Paraíba o dia de São João é feriado.
  3. Este também é um feriado municipal nas cidades onde o santo é padroeiro e em outras que homenageiam o religioso.

“O São João passou a ocupar um lugar muito importante na cultura nordestina, estando presente na questão econômica, cultural, religiosa e nas tradições que se multiplicam. Hoje se olha com olhar turístico, e vem gente do Brasil inteiro conhecer”, pontua Emanuel Andrade.

O São João pra mim sempre foi um momento mágico desde criança, por tudo que ele representa pelo povo nordestino. Agora adulto fico mais ansioso pela chegada da festa pra curtir os shows. Aqui em Caruaru a cidade toda fica mais animada com essa época com o colorido da decoração. Além do fato das dezenas de polo das festas pra aproveitar como quiser”, comenta Daniel Nascimento, estudante e morador da cidade.

Continua após a publicidade

Por que os cristãos não comemoram o São João?

“Amendoim, no máximo” – Em Itamotinga, no interior da Bahia, a festa do Sem João surgiu como alternativa aos retiros realizados nesta época do ano. “A maioria das igrejas saem em retiro espiritual, mas a nossa nunca saiu”, afirma Andressa Caldas, 23, líder do grupo de louvor da Igreja Batista da cidade.

  • É um encontro com jovens.
  • Ninguém leva roupa caipira; é uma reunião, um encontro.
  • A gente faz oficina para meninos e meninas, as dinâmicas, um período de louvor, tem outros jovens.
  • A comida típica que a gente come é amendoim, no máximo.
  • Tomamos apenas refrigerante”, diz.
  • Ela cita uma passagem da “Bíblia” para expor sua contrariedade às festas tradicionais de São João.

“Em uma passagem, a filha de Herodes pede a cabeça de João Batista. E muitos gritam : ‘Viva são João’. João é um grande homem de Deus, e a gente não comemora. Por isso tiram a cabeça dele e falam isso”, diz. Os três livros bíblicos que citam a decapitação de João (de Mateus, Marcos e Lucas), no entanto, não têm essa menção.

See also:  EmprStimo AuxíLio Brasil Qual O Valor?

Diácono da Igreja Presbiteriana do Brasil em Funcionário IV, em João Pessoa (PB), Diego Monteiro Pacheco é um dos organizadores do “Sem João, Com Cristo” da igreja, que será realizado no dia 1º de julho. “Não comemoramos, só aproveitamos a data para ficarmos em comunhão, palavra e oração. A nossa maior preocupação é quanto a nossos jovens não se sentirem atraídos pelos festejos pagãos e acabarem indo para outra comemoração além da igreja.

Por isso alugamos um local, onde possamos ficar um pouco distante dos festejos, e lá glorificar a Deus”, diz. Na igreja na capital paraibana, Monteiro diz que há alguns limites, relacionados a alguns hábitos da festa tradicional. “Não vemos mal algum em comer comida de milho e usar camisa quadriculada.

Isso é de cada pessoa. Mas não fazemos nada que engrandeça outros significados. A quadrilha, ela tem um significado pagão forte, e nossa intenção não é trazer isso à tona, e sim glorificar a Deus.” Na Bola de Neve Church da capital paranaense, a festa ainda não aderiu ao nome “Sem João, com Cristo”. “Rola músicas cristãs no ritmo de festa junina, oração.

Enfim, é uma comunhão só que a caráter. Sempre convidamos pessoas que não são pessoas evangélicas. Às vezes, tem quadrilha. E tem o nosso crentão, com suco. É bom, sim”, diz Ana Paula de Oliveira, 33.

O que a Bíblia diz sobre a festa de São João?

Hoje, 24 de junho, é dia de São João 🔥🎉. Você sabia que ele é conhecido como o “Santo Festeiro”? Essa festividade faz parte das tradicionais comemorações das festas juninas do país, que são celebrações no mês de junho marcadas por danças, pratos típicos e brincadeiras.

O dia de São João é comemorado em 24 de junho para lembrar o dia em que nasceu João Batista, o profeta que previu o nascimento de Jesus Cristo e faz parte do calendário da Igreja Católica. No mês de junho também é comemorado o Dia de Santo Antônio – Santo Casamenteiro – no dia 13, e o Dia de São Pedro, dia 29.

Segundo a bíblia, São João era João Batista, um dos 13 apóstolos de Jesus Cristo e o homem que o batizou. Jesus e João teriam sido parentes, já que suas mães, Maria (mãe de Jesus) e Isabel (de João Batista) seriam primas. Batista era só seis meses mais velho que Jesus e de acordo com historiadores, ele teria se tornado um profeta que anunciou Cristo como “Cordeiro de Deus”.

  • Ele é conhecido na religião católica como “a voz que grita no deserto” e é testemunha da Luz, que no caso é Jesus.
  • A tradicional fogueira de São João geralmente é acesa no dia 23 para o dia 24, como o sinal da luz que João Batista pregava na sua história.
  • Além disso, Isabel teria feito uma fogueira para celebrar a gravidez de Maria.

“Em torno da fogueira de São João também se desenvolveu uma série de superstições e simpatias. Há, por exemplo, a prática do “batismo na fogueira”, que cria laços de apadrinhamento na ação de saltar as brasas de uma fogueira que se tenha acendido.”

O que a Bíblia fala sobre as festas juninas?

QUAL A ORIGEM DAS FESTAS JUNINAS? Qual O Dia De SãO JoãO A festa junina, uma das maiores tradições brasileiras, surgiu no período pré-gregoriano na Europa, como uma festa pagã que comemorava a fertilidade da terra e as boas colheitas. Essa festa sempre acontecia durante o solstício de verão, que acontecia no dia 24 de Junho.

As comemorações passaram então a ser conhecidas como Joaninas, em homenagem a João Batista, descrito na bíblia como aquele que batizava as pessoas para a vinda de Jesus. Assim, virou uma festa da Igreja Católica, que começou a prestar homenagem a três santos: no dia 13, Santo Antônio; no dia 24, São João; e no dia 29, São Pedro.

Quando introduzida no Brasil pelos colonizadores, essas festividades foram muito bem aceitas pelo negros e índios que aqui viviam, por serem muito parecidas com as de suas culturas. Aos poucos, as festas juninas foram se espalhando pelo Brasil, mas foi no Nordeste que ela ganhou força na nossa cultura.

Lá elas duram o mês todo, e são realizados vários concursos de grupos que dançam a quadrilha, atraindo turistas de todo país. Como Junho é um mês mais frio, fogueiras são acesas para que as pessoas se esquentassem. Também foram introduzidas várias brincadeiras como o pau de sebo, o correio elegante, os fogos de artifício, o casamento na roça, e muitos outros.

E a melhor parte, claro, as comidas típicas! Toda Festa Junina boa não pode deixar faltar o bolo, a pamonha, o milho, o quentão, e claro, Paçoquita, Mendorato, Crokíssimo, Doce Tradição e todos os deliciosos produtos da Santa Helena. E aí, que tal organizar a sua própria festa? A Santa Helena te dá uma força, entre em e calcule tudo o que você vai precisar.

Qual é o verdadeiro significado de São João?

Origem do Dia de São João – Havia, na segunda quinzena do mês de junho, quando ocorria o solstício de verão na Europa, o culto a deuses da natureza, das plantações, colheitas etc. Um desses deuses era Adônis, que, segundo o mito grego, foi disputado por Afrodite (deusa do amor) e Perséfone (deusa dos infernos).

  1. A disputa foi apaziguada por Zeus, que determinou que Adônis passaria metade do ano com Afrodite, no mundo superior, à luz do Sol, e a outra metade com Perséfone, no mundo inferior, nas trevas.
  2. Essa disputa entre deusas acabou sendo associada aos ciclos naturais da vegetação, que morre no inverno e renasce e vigora na primavera e verão.

O culto a Adônis, cujo dia específico era 24 de junho, tinha por objetivo a celebração dessa renovação, da “boa-nova” do renascer da natureza. Essa ideia foi assimilada pelo cristianismo, que substituiu Adônis por São João Batista. Qual O Dia De SãO JoãO O Dia de São João é uma das comemorações da Festa Junina. São João Batista, na tradição cristã, anunciou a “boa-nova” (boa notícia) da vinda do Cristo, filho de Deus, salvador da humanidade, que “renovaria todas as coisas”. Foi ele também que batizou Cristo no rio Jordão.

O que se comemora no dia 25 de junho?

Dia do imigrante, 25 de junho – O Dia do imigrante, 25 de junho, visa homenagear as pessoas que deixam os seus países para viver em outro, geralmente motivadas por questões pessoais ou condições econômicas. Além da homenagem, a comemoração também chama as pessoas a refletirem acerca das dificuldades enfrentadas pelos imigrantes.

O que se comemora no dia 26 de junho?

Em 1987 a Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu o dia 26 de junho como o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.

Qual é o significado da fogueira de São João?

A tradicional fogueira de São João simboliza o anúncio do nascimento de João Batista, primo de Jesus Cristo e um dos principais santos da igreja católica.

São João é dia 24?

O Dia de São João é comemorado na mesma data em que aconteceu o seu nascimento, 24 de junho. Costuma ser comemorado com festas juninas em todo o país. João Batista foi o profeta que previu o advento de Messias na pessoa de Jesus Cristo, foi também o responsável por realizar o batismo dele.

Quais são os três dias de São João?

Tradicionalmente, as festas juninas começam no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, e encerram no dia 29 de junho, dia de São Pedro. Já nos dias 23 e 24 é celebrado o dia de São João.

O que se comemora no dia 23 de junho?

23 DE JUNHO DIA DO LAVRADOR O Dia do Lavrador é celerado anualmente dia 23 de junho. Esta data homenageia aquele que cultiva o solo, arando, adubando e semeando para que este produza alimentos que serão consumidos por toda população.Para esse profissional é importante saber a época de cada alimento, se plantados no período correto do ano a colheita é sempre mais produtiva, além disso ele precisa saber também nutrir a terra, com o que a planta vai precisar para crescer saudável, saber sobre adubos e sobre o tempo de retirar o alimento da terra.Na área rual da região nordestina essa é uma das principais fontes de renda, muitas famílias passam a profissão de geração em geração.

  • O Dia do Lavrador é celerado anualmente dia 23 de junho.
  • Esta data homenageia aquele que cultiva o solo, arando, adubando e semeando para que este produza alimentos que serão consumidos por toda população.Para esse profissional é importante saber a época de cada alimento, se plantados no período correto do ano a colheita é sempre mais produtiva, além disso ele precisa saber também nutrir a terra, com o que a planta vai precisar para crescer saudável, saber sobre adubos e sobre o tempo de retirar o alimento da terra.Na área rual da região nordestina essa é uma das principais fontes de renda, muitas famílias passam a profissão de geração em geração.
See also:  EndStri Ne Demek?

: 23 DE JUNHO DIA DO LAVRADOR

São João é dia 23?

As comemorações de São João chegam ao ponto alto neste fim de semana com o feriado em comemoração ao santo, no sábado, dia 24 de junho. Mas, muitas pessoas têm dúvidas sobre o funcionamento de repartições e estabelecimentos na véspera do feriado, dia 23, quando as famílias se reúnem tradicionalmente para se confraternizar.

Veja o que abre e o que fecha no São João em João Pessoa Veja o que abre e o que fecha no São João em Campina Grande

Na Paraíba, o dia 23 de junho não é considerado feriado, Mas, diversos órgãos, como o Estado e os Municípios, decretam ponto facultativo para que as repartições não funcionem. O Governo do Estado decretou ponto facultativo nas repartições. A medida foi anunciada pelo governador João Azevêdo na última segunda-feira (19), e também assegura o funcionamento de serviços essenciais como hospitais.

O que se comemora no dia 24 de julho?

Criada em 2011 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a data tem como objetivo a conscientização das pessoas sobre como cuidar da própria saúde.

O que se comemora no dia 29 de junho?

29 de junho: Dia de São Pedro Santo Antônio, São João e São Pedro. O que esses três têm em comum, além de santos que fazem parte da tradição católica? Eles possuem datas comemorativas no mês de junho: 13, 24 e 29, respectivamente. Antes de se chamar Pedro, Simão era pescador.

Ele foi um dos doze apóstolos que acompanharam Jesus Cristo – inclusive, os liderando. Conhecido por ter atitudes impulsivas, sempre defendeu e foi leal ao filho de Deus e tinha sua confiança. Uma das passagens bíblicas mais conhecidas envolvendo São Pedro é quando, após um longo dia sem pescar nada, Jesus manda que ele jogue a rede ao mar novamente e ele se nega por acreditar que não havia peixes ali.

Eis que Jesus insiste e, quando joga a rede, ela fica com tantos peixes que Pedro tem certa dificuldade para carregá-los. São Pedro é considerado o santo das chuvas, padroeiro dos pescadores e é tido como aquele que possui as chaves do céu. No dia 29 de junho, comemora-se o dia dele, com homenagens e celebrações – acredita-se que esta data foi escolhida pois, no dia 29 de junho de 64 d.C, São Pedro teria sido assassinado ao lado do apóstolo Paulo.

São João é uma festa católica?

Cristãos celebram neste sábado, 24 de junho o dia dedicado a São João. Mesmo as pessoas que não demonstram fé ao santo se divertem com o dia de São João fortemente associado às festas juninas, com quadrilhas, comidas e trajes típicos. Conforme a tradição católica, São João é primo de Jesus.

Pode comer comida de São João?

Repórter Junino – A Notícia no Ritmo do São João Campina Grande, 21 de junho de 2023

  • As ferramentas para aproveitar os últimos dias de #PARTIUPP
  • Repórter: Samya Amado
  • Fotógrafa: Ana Lima, Elisa Bernardo e Samya Amado
  • Editora: Gabryele Martins

Qual O Dia De SãO JoãO O milho está presente na maior parte das receitas juninas. Foto: Samya Amado/Repórter Junino Em períodos de festa é muito comum que as pessoas se preocupem ainda mais com a aparência e acabem fazendo dietas por conta própria para estarem em um padrão não muito saudável.

  • Espalham notícias de que as comidas juninas não fazem bem para a saúde e retiram esses alimentos do seu dia a dia.
  • Mas o que é ser saudável? O nutricionista Max Vinícius explica que nenhuma comida por si só vai deixar de ser saudável, mas é necessário analisar o contexto, a frequência em que você consome, a forma como esse alimento está sendo feito: “A partir disso a gente vai conseguir entender como podemos nos relacionar melhor com a comida, no lugar de ficar só se preocupando se pode pamonha ou não, se pode canjica ou não.

Pra gente falar de saúde a gente precisa falar de uma maneira integral. É preciso uma análise do físico, mental e social. Precisamos ter esses 3 pilares alinhados pra gente ter qualidade de vida.” Qual O Dia De SãO JoãO O São João tem opções de comidas para todos os gostos. Foto: Samya Amado/Repórter Junino

  1. Luana Targino, psicóloga, também pontua como diversas coisas impactam as nossas escolhas alimentares: “Existem diversos fatores que influenciam, como a sociedade, o histórico familiar, os fatores genéticos, os fatores comportamentais, mídias sociais, o que a gente cresceu ouvindo, fatores psicológicos também “
  2. Por falar em redes sociais, é normal vermos diversas postagens dando dicas de alimentação para que você retire alimentos da sua rotina, para que você emagreça vários quilos em um determinado período de tempo, mas como será que isso nos afeta?

“A gente vê muito nas redes sociais: ah, tirei o queijo, tirei o leite, tirei o requeijão, tirei os laticínios. Ah, vou tirar o glúten também. Tira também o açúcar Então a gente vê o quanto isso é reducionista. Se você não tiver intolerância ou alergia àquele alimento, ou se você não associa a algum tipo de desconforto, então você pode comer esse alimento normalmente. Qual O Dia De SãO JoãO Nenhum alimento é vilão na alimentação. Foto: Samya Amado/Repórter Junino As festas juninas trazem consigo uma memória afetiva muito forte. É fogueira, muitas comidas típicas, música, dança, reunir os amigos e a família para uma confraternização. São João corre nas veias do povo nordestino, faz parte da nossa cultura e é passado de geração para geração.

“Confesso que quando eu lembro de São João, eu lembro de pamonha, canjica, queijo de coalho assado e milho cozinhado. Amo isso! O que aparece de disfuncional, é quando essa memória afetiva precisa ser colocada de lado, porque o sentimento de culpa ao comer ou o medo de comer está prevalecendo naquela situação.”, ressalta Luana.

O cheiro do milho cozinhando ou daquele bolo quentinho saindo do forno pode nos transportar para as melhores memórias, como é o caso de Carlos Silva (29), bailarino e coreógrafo campinense: “Enquanto meu pai era vivo, nesse tempo de São João, ele costumava comprar milho na feira central e minha mãe fazia pamonha ou canjica. Qual O Dia De SãO JoãO Canjica e pamonha fazem parte da memória afetiva do São João. Foto: Ana Lima/Repórter Junino Manter a tradição de sentar à mesa, produzir as comidas juninas, passear no Parque do Povo, provar a variedade de alimentos que você encontra na festa, faz com que a memória seja preservada.

Só que nem todo mundo tem memória positiva frente aos alimentos, principalmente quando o assunto é a aparência do corpo. “Com um mês ou quinze dias a gente não consegue uma transformação no corpo, então é necessário a gente se olhar com carinho, exercitar essa auto compaixão. Não deixe de curtir a festa por insegurança com o próprio corpo”, pontua o nutricionista Max Vinícius.

Muitos desses alimentos que são a base da culinária junina são ótimos para o nosso corpo: “Milho é a estrela principal, coco, amendoim, canela, são alimentos ricos em compostos fenólicos, antioxidantes, porque são alimentos consumidos in natura ou minimamente processados, então isso preserva compostos que fazem bem ao nosso corpo.

  1. Encontramos muitas fibras, vitaminas, minerais, proteínas Existe a diferença entre comer um milho cozido e uma pipoca, por exemplo.”,explica ele.
  2. Fica sempre aquela questão: o que fazer depois de ter extrapolado a dieta e ter saído da minha rotina? A psicóloga explica que emoção e pensamento a gente não controla, mas que podemos gerenciar o nosso comportamento: “O primeiro passo a se fazer quando a gente come, bebe, sai da rotina ou não vai treinar, é posterior a isso, voltar a tua rotina tradicional Essas situações são exceções”.
See also:  Qual O Significado Do Nome Maria?

Ela explica como a culpa pode nos deixar angustiados: “Imagina só tu viajar para um lugar incrível, maravilhoso e não ter a liberdade de comer o que tu querias? Escolher aquelas refeições que gostaria de fazer em um restaurante incrível, por medo?”. Ela pontua novamente a importância de retomar à rotina e procurar ajuda, se for preciso: “Primeiro seria necessário a gente retornar ao que a gente comumente faz e posterior a isso, refletir se esse sentimento de culpa e de medo, de ansiedade ao comer, se ele tem sido muito prejudicial para você. Qual O Dia De SãO JoãO Quando houver consumo de álcool alguns cuidados se fazem necessários. Foto: Elisa Bernardo/Repórter Junino “A gente sabe que são 32 dias de festa esse ano, a maioria das pessoas gosta de tomar uma cerveja ou uma cachaça, então é muito mais sobre a redução de danos. Qual O Dia De SãO JoãO O importante é brindar. Foto: Samya Amado/Repórter Junino No Maior São João do Mundo são muitas opções para alimentação. No Parque do Povo você encontra de tudo um pouco, do caldinho ao pastel de cuscuz, da pizza de pudim ao espetinho, mas existem alguns que ainda ficam um pouco perdidos na festa: os alérgicos, veganos e intolerantes.

Max Vinícius dá a dica para que todos possam aproveitar a festa da melhor maneira: “Então, veganos e intolerantes, a maior dica é fortalecer a rede de apoio para encontrar outras pessoas que também passem pelo mesmo, que podem te apresentar empreendimentos que vendem esse tipo de alimentação durante o São João”.

Em Campina Grande o público já encontra empresas que atuam com o foco em comidas para veganos e alérgicos. Dentro da festa ainda existe essa dificuldade de encontrar uma barraca específica voltada para esse público, mas algumas já oferecem opções sem lactose, por exemplo.

O que a Bíblia fala sobre a fogueira?

Fogueira para avisar nascimento a Maria Publicação: 17/06/2017 03:00 Os versos da canção do sanfoneiro Luiz Gonzaga, “A fogueira está queimando em homenagem a São João.” não foram em vão. A história conta que a fogueira queimou nas montanhas da Judeia para anunciar o nascimento de João Batista.

  1. Isabel, sua mãe, teria feito um acordo com a prima, Maria, que também estava grávida e seis meses depois deu a luz a Jesus.
  2. Pediu que acendesse uma fogueira para avisar do nascimento do sobrinho.Antes da evangelização na Europa, na Idade Média, as fogueiras eram usadas em celebrações pagãs, que comemoravam a chegada do solstício de Verão no Hemisfério Norte.

A fogueira era acesa justamente para comemorar a chegada do período onde os dias eram mais iluminados. Assim, o dia 24 de junho foi incorporado ao calendário cristão como comemoração ao nascimento de São João Batista.João Batista nasceu numa pequena aldeia chamada Aim Karim, na cidade de Israel, a seis quilômetros do centro de Jerusalém.

Seu pai era um sacerdote do templo de Jerusalém chamado Zacarias. Ele foi consagrado ainda no ventre materno. Sua mãe, Isabel, já era idosa e tinha dificuldade para engravidar. A Bíblia conta que o anjo Gabriel apareceu a Zacarias anunciando que Isabel teria um filho e que este deveria se chamar de João.

Pouco tempo depois, ela estava grávida. Na mesma época, o anjo apareceu a Maria e anunciou que ela seria mãe do Salvador. Maria foi visitar Isabel, e ao chegar diante da prima, João mexeu no ventre dela. E Isabel, saudou Maria: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!”.

O que a Bíblia diz sobre a festa de São João?

Hoje, 24 de junho, é dia de São João 🔥🎉. Você sabia que ele é conhecido como o “Santo Festeiro”? Essa festividade faz parte das tradicionais comemorações das festas juninas do país, que são celebrações no mês de junho marcadas por danças, pratos típicos e brincadeiras.

  1. O dia de São João é comemorado em 24 de junho para lembrar o dia em que nasceu João Batista, o profeta que previu o nascimento de Jesus Cristo e faz parte do calendário da Igreja Católica.
  2. No mês de junho também é comemorado o Dia de Santo Antônio – Santo Casamenteiro – no dia 13, e o Dia de São Pedro, dia 29.

Segundo a bíblia, São João era João Batista, um dos 13 apóstolos de Jesus Cristo e o homem que o batizou. Jesus e João teriam sido parentes, já que suas mães, Maria (mãe de Jesus) e Isabel (de João Batista) seriam primas. Batista era só seis meses mais velho que Jesus e de acordo com historiadores, ele teria se tornado um profeta que anunciou Cristo como “Cordeiro de Deus”.

Ele é conhecido na religião católica como “a voz que grita no deserto” e é testemunha da Luz, que no caso é Jesus. A tradicional fogueira de São João geralmente é acesa no dia 23 para o dia 24, como o sinal da luz que João Batista pregava na sua história. Além disso, Isabel teria feito uma fogueira para celebrar a gravidez de Maria.

“Em torno da fogueira de São João também se desenvolveu uma série de superstições e simpatias. Há, por exemplo, a prática do “batismo na fogueira”, que cria laços de apadrinhamento na ação de saltar as brasas de uma fogueira que se tenha acendido.”

O que a Bíblia fala sobre a fogueira de São João?

Todos os acontecimentos da noite de São João têm origem, segundo a interpretação popular, na mensagem bíblica. A fogueira, por exemplo, está relacionada à amizade de Nossa Senhora com Santa Isabel. Conta-se que Santa Isabel era prima e muito amiga de Maria, Mãe de Jesus, e, por isso, costumava visita-la.

  1. Uma tarde, Santa Isabel foi à casa da prima e aproveitou para contar-lhe que, dentro de algum tempo, iria nascer seu filho, que se chamaria João Batista.
  2. Nossa Senhora, então, perguntou-lhe: “Como poderei saber do nascimento do garoto?”.
  3. Ela respondeu “Acenderei uma fogueira bem grande; assim você de longe poderá vê-la e saberá que Joãozinho nasceu”.

Santa Isabel cumpriu a promessa. Um dia, Nossa Senhora viu, ao longe, uma fumacinha e depois umas chamas bem vermelhas. Dirigiu-se para a casa de Isabel e encontrou o menino João Batista, que mais tarde seria um dos santos mais importantes da religião católica.

Isso se deu no dia 24 de junho. Esse santo é o responsável pelo título de “santo festeiro”, por isso, no dia 24 de junho, dia do seu nascimento, as festas são recheadas de muita dança, em especial o forró. No Nordeste do País, existem muitas festas em homenagem a São João, que também é conhecido como protetor dos casados e enfermos, principalmente no que se refere a dores de cabeça e de garganta.

Alguns símbolos são conhecidos por remeterem ao nascimento de São João, como a fogueira, o mastro, os fogos, a capelinha, a palha e o manjericão. QUADRILHA — O pesquisador Mário de Andrade define a quadrilha junina como “dança de salão, aos pares, de origem francesa, e que no Brasil passou a ser dançada também ao ar livre, nas festas do mês de junho, em louvor a São João, Santo Antônio e São Pedro”.

  • Os participantes obedecem às marcas ditadas por um organizador de dança.
  • O acompanhante tradicional das quadrilhas é a sanfona.
  • A quadrilha é dançada em homenagem aos santos juninos (Santo Antônio, São João e São Pedro) e para agradecer as boas colheitas na roça.
  • Tal festejo é importante pois o homem do campo é muito religioso, devoto e respeitoso a Deus, mas que admira dançar, comemorar e agradecer.

Em quase todo o Brasil, a quadrilha é dançada por um número par de casais e a quantidade de participantes da dança é determinada pelo tamanho do espaço que se tem para dançar. A quadrilha é comandada por um marcador, que orienta os casais, usando palavras afrancesadas e portuguesas.

O que se comemora no dia 25 de junho?

No dia 25 de junho comemora-se o Dia Mundial do Vitiligo. A data é uma forma de chamar a atenção a respeito da doença.