Laboratorio Cianorte

Dicas, Recomendações, Ideias

Qual O Melhor Protetor Solar?

Qual O Melhor Protetor Solar

Qual o protetor solar protege mais?

Ilusão dos altos fatores – E protetores com fator 100 não protegem tanto assim – eles se mostraram menos eficazes que os de fator mais baixo. O consumidor acaba sendo enganado pela ilusão de estar bem protegido, pois pensa que o fator 100 significa duas vezes mais proteção que o 50.

  • Na verdade, quando aplicado propriamente, o protetor de FPS 50 protege em 98%, enquanto o de FPS 100 protege 99%.
  • Além disso, pessoas que optam por fatores mais altos tendem a ficar mais tempo expostas ao sol, porque têm a falsa sensação de proteção.
  • Já as pessoas que utilizam fator 30 ou 50 se preocupam em aplicar o produto mais de uma vez e em passar menos tempo tomando sol.

Outro problema é que a concentração de produtos químicos nos protetores de fator mais alto apresenta maiores riscos à saúde, já que os ingredientes são absorvidos pela pele. Um FPS 30 utilizado da maneira correta é o suficiente para proteger você.

Como escolher o protetor solar ideal?

Observe a faixa etária. A escolha de um filtro solar recomendado para a sua faixa etária é fundamental. Crianças e bebês não podem deixar de se proteger do sol e, por isso, existem produtos específicos para eles. Já os adultos devem escolher um protetor que tenha fator de proteção solar (FPS) acima de 30.

Qual tipo de protetor solar devo usar no rosto?

FPS: CORPO X ROSTO – Agora que você já sabe o que fator de proteção solar significa, precisamos fazer uma distinção. Quando falamos do corpo humano, o ideal é usar um protetor com no mínimo FPS 30, Porém, para a pele muito branca ou pele sensível, é importante usar o maior valor de FPS disponível ( no mínimo 50 ).

  1. A pele negra já tem uma proteção natural contra o sol por conta da abundância de melanina, mas isso não significa que o protetor solar seja dispensável.
  2. Nesse caso, é importante usar um produto com no mínimo FPS 20,
  3. Quanto ao rosto, recomenda-se o FPS 30 para todos os tipos e tons de pele ou o PPD 10 para peles com manchas ou peles com melasma.

Portanto, evite protetores solares faciais com FPS 15 ou menor, pois eles não oferecem a proteção que a pele precisa. Gostou das dicas sobre proteção solar? Para saber mais sobre cuidados com o sol, confira nossos artigos sobre saúde e beleza no blog NIVEA e tire suas dúvidas sobre skin care e qualidade de vida com o nosso toque que transforma.

Qual o protetor solar mais vendido?

O protetor solar Anthelios da La Roche-Posay, sem cor, com proteção UVA/UVB, ação anti-idade indicado para todos os tipos de pele, está entre os primeiros lugares na lista dos protetores/emolientes mais vendido no Brasil em valores no MAT de 2021/02 e MAT de 2022/02.

Confira o ranking da Close-Up International com os 10 protetores/emolientes mais vendidos no canal farma. Demanda em reais com desconto Ranking Produto Fabricante Unidades/ MAT 2021/02 Unidades/ MAT 2022/02 1 Anthelios La Roche-Posay R$ 331.110.466 R$ 350.616.119 2 Cerave hidratante CeraVe R$ 201.343.377 R$ 316.489.283 3 Bepantol Derma Bayer R$ 280.060.790 R$ 279.272.572 4 Cetaphil Galderma R$ 208.036.874 R$ 266.307.644 5 Isdin Isdin R$ 145.165.038 R$ 194.856.413 6 Fisiogel Stiefel R$ 192.383.045 R$ 177.533.960 7 Vichy Mineral 89 Vichy R$ 165.247.938 R$ 175.329.211 8 Epidrat Mantecorp R$ 130.355.065 R$ 156.094.094 9 Episol Mantecorp R$ 134.139.973 R$ 139.879.566 10 Neutrogena Sun Fresh J&J R$ 110.132.464 R$ 129.105.039 Outros R$ 1.409.183.278 R$ 1.589.461.514 TOTAL R$ 3.307.158.307 R$ 3.774.945.414 Fonte: Close-Up International, Base (RM), período 2022/02 *O conteúdo publicado é jornalístico e meramente informativo.

Fonte: Guia da Farmácia

Qual a marca de protetor solar mais indicada pela Anvisa?

Resposta da Sundown e da ROC SUNDOWN® e ROC® oferecem o FPS declarado em suas embalagens, seguem a legislação nacional e são aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Quais as melhores marcas de protetor solar para o rosto?

Protetor Solar Facial Episol Antiox Com FPS 60 e 60g – Uma opção que pode ser considerada o melhor protetor solar para o rosto para prevenir os sinais, segundo dermatologistas, é o Episol Antiox, Ele é um protetor com FPS 60 formulado para prevenir o envelhecimento cutâneo.

Qual o protetor solar que menos protege?

Cinco marcas de protetor solar não passam em teste de qualidade Em teste de qualidade realizado pela Proteste, cinco marcas de protetor solar para o rosto apresentaram fator de proteção inferior ao indicado na embalagem. Dos dez produtos testados, um também apresentou menor proteção contra raios UVA do que prevê a legislação.

A Proteste solicitou uma fiscalização mais adequada dos produtos e pediu aos fabricantes que corrijam a informação nos rótulos dos protetores solares. Das dez marcas testadas, cinco não apresentaram o fator de proteção solar (FPS) que consta no rótulo: Sundown, L’Oreal, ROC, Sunmax e La Roche Posay. O La Roche Posay tinha um FPS 42% menor do que o indicado.

A metodologia da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permite uma variação de até 17% em relação ao que é informado na embalagem e a formulação do produto, mas nessas cinco marcas, a diferença de percentual foi superior à permitida. Também foi avaliada a proteção UVA dos produtos.

  1. Desde 2012 a legislação brasileira determina que, nos filtros solares, a proteção UVA deve ser um terço do FPS.
  2. Ou seja: um protetor com FPS 60 precisa ter proteção UVA igual a 20, no mínimo.
  3. O protetor da L’Oreal foi considerado ruim por apresentar 26% do FPS rotulado ao invés dos 33% exigidos para UVA.

Os raios UVA atingem as camadas mais profundas da pele e são os principais responsáveis pelo envelhecimento precoce, bronzeamento, além de também contribuírem para o câncer de pele. Já o FPS avalia a capacidade de os produtos filtrarem a radiação do tipo UVB, que atinge a camada mais superficial da pele, podendo causar vermelhidão, queimaduras e câncer de pele.

O valor de FPS consiste na razão entre o tempo de exposição à radiação ultravioleta necessário para produzir vermelhidão na pele protegida pelo protetor solar e o tempo, para o mesmo efeito, com a pele desprotegida. Quando se usa um filtro solar com FPS 30, por exemplo, a mesma pele leva 30 vezes mais tempo para ficar vermelha.

Por isso, saber o exato fator de proteção é fundamental, pois indica o quanto se está protegido contra essa radiação. Continua após a publicidade O consumidor é duplamente prejudicado com essas alterações, pois além de pagar um preço mais caro por uma proteção que não é oferecida – o valor do produto é proporcional ao Fator de Proteção Solar, ou seja, quanto mais alto o FPS, mais caro -, ele está menos protegido dos efeitos nocivos dos raios solares.

Qual o melhor FPS para o rosto?

De olho no Fator de Proteção Solar (FPS) – Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB), o fator de proteção solar (FPS) é a principal medida de eficácia de um protetor solar, quantificando o quanto o produto é capaz de ampliar a proteção contra a queimadura solar.

  • Porém, vale ressaltar que a proteção oferecida diminui ao entrar em contato com a água e suor.
  • Então, é sempre recomendado a reaplicação de protetor solar ao longo do dia, de preferência de 2 em 2 horas quando em contato com água e suor A SBD recomenda que o protetor solar seja reaplicado a cada 2 horas para máxima proteção, e que seu fator mínimo para qualquer tipo de pele seja FPS 30, inclusive para peles negras.

Peles claras e sensíveis ao sol devem optar por fatores maiores.

Como saber se o protetor solar e confiável?

O que observar no rótulo do filtro solar? Para a maioria das pessoas, comprar um protetor solar parece uma tarefa fácil. Escolhe-se um produto de marca conhecida na farmácia, com um fator de proteção alto e, aparentemente, um preço razoável. Logicamente é um bom começo, porém há outros fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher um filtro solar,

  • Então, o que devemos observar no rótulo de um filtro solar?
  • Para não errar na escolha do produto, entenda as informações contidas no rótulo:
  • – Encontre o termo “amplo espectro”, Isso significa que o filtro solar pode proteger sua pele dos dois tipos de raios UV prejudiciais – os raios UVA e UVB, além do infravermelho e luz visível;
See also:  BaKur Emekli Maaşı Ne Kadar?

– Fique atento ao FPS. Para uma proteção eficaz da pele, recomenda-se filtro solar com índice de FPS 30 ou superior; O FPS indica a proteção aos raios UVB. Outra informação muito importante é o PPD, que mede a proteção ao UVA. Um bom PPD deve corresponder a 30% do valor do FPS.

Por exemplo, se o FPS é 30, o PPD deve ser, no mínimo 10; – “Resistente à água”. Isso significa que o filtro solar vai durar mais tempo na pele, ainda que a mesma esteja molhada. Note que nem todos os filtros solares são resistentes à água; – Reaplicação do filtro solar, Sempre reaplicar o filtro solar após sudorese intensa/ prática de esportes, após entrar na água e a cada 3 horas; – O filtro solar sempre deve ser aplicado antes do repelente,

O repelente sempre é o último a ser aplicado. Porém, não podemos ficar somente no filtro solar. Existem outras formas de proteção que também devemos adotar. Confira abaixo:

  1. – Use chapéus ou bonés, com abas para proteger o rosto e o colo;
  2. – Use sombrinha;
  3. – Use roupas de manga longa e que cubram o máximo da superfície de pele possível;
  4. – Evite tomar sol entre 10h e 16h;
  5. – Procure ficar em locais com sombra;
  6. – Use óculos de sol de boa qualidade;
  7. – Ensine o hábito de proteção solar às crianças!
  8. Agora que você já sabe como escolher um filtro solar adequado, já pode curtir o verão com mais tranquilidade e proteção!
  9. Aproveite para baixar o nosso, onde você aprenderá sobre os efeitos cumulativos do sol e outros fatores na pele, além dos diferentes tratamentos e procedimentos indicados no decorrer da vida:

: O que observar no rótulo do filtro solar?

O que realmente importa no protetor solar?

O que importa na hora de comprar um protetor solar? – O mais importante é escolher um produto que ofereça proteção contra as radiações ultravioleta B e ultravioleta A, que são indicadas, respectivamente, pelas siglas FPS e PPD. Atualmente, os produtos regulamentados pela Anvisa já possuem as duas proteções.

  • O que significam essas siglas todas? UVB — Radiação ultravioleta B: é a responsável pela vermelhidão da pele após a exposição solar, pode causar queimaduras e ardência.
  • É mais presente entre 10h e 16h e está envolvida na síntese de vitamina D.
  • UVA — Radiação ultravioleta A: está presente durante todo o dia, do nascer ao pôr do sol, e ao longo do ano todo.

Capaz de atravessar nuvens, janelas e vidros de carros, é a principal responsável pelo envelhecimento precoce da pele e causa manchas e rugas. FPS — Fator de Proteção Solar: é o índice usado para se referir à proteção contra a radiação UVB, o conhecido número do protetor solar.

É importante optar por um FPS de pelo menos 30. A partir desse número, já existe uma proteção analisada de 96,7% da radiação solar.No caso do fator 50, essa proteção sobe para apenas 98% da radiação, de modo que a variação é pequena.No caso do FPS 15, os mostram uma proteção de cerca de 93%, uma variação já considerável em relação ao fator 30.Em fatores menos do que o 15, a proteção solar não é considerada significativa.

Tudo isso, porém, só é válido se a pessoa usar a quantidade indicada e que foi usada para fazer os testes de eficácia desses produtos, geralmente muito maior do que o que estamos acostumados a usar. Assim, embora a diferença de proteção não seja significativa a partir do fator 50, um maior FPS pode ser relevante para quem aplica quantidade pequenas do produto ou quem não tem o hábito de reaplicar durante a exposição solar.

  • PPD / FP-UVA — PPD significa, em inglês, Persistent Pigment Darkening (Escurecimento Persistente do Pigmento, em tradução livre).
  • A sigla indica o grau de proteção oferecido pelo produto contra raios UVA.
  • Nos rótulos, pode aparecer como FP-UVA (Fator de Proteção UVA).
  • Ele mede o quanto a pele demora a apresentar pigmentação por melanina quando exposta à radiação.

O PPD ideal é a partir de 10 e deve representar, no mínimo, um terço do FPS. Ou seja, se você comprar um protetor fator 30, observe se o PPD é de pelo menos 10. PA+ — PA+, PA++, PA+++, PA++++ são algumas siglas presentes em protetores solares, principalmente os importados.

  1. Essa é uma escala PPD, ou seja, relacionada à proteção UVA de um protetor solar.
  2. Nessa escala, uma proteção entre 2 e 4 é apontada como PA+, entre 4 e 8 é PA++, entre 8 e 16 é PA+++ e maior que 16 é PA++++, sendo os dois últimos as melhores opções.
  3. IR — Infrared, em inglês, ou infravermelho: é a radiação sentida na pele através do calor ou mormaço.

Atinge as camadas mais profundas da pele e, com isso, afeta a elasticidade e pode piorar manchas preexistentes, especialmente melasmas (que são manchas de sol não cancerígenas: inofensivas, mas permanentes). A radiação infravermelha é a mais difícil de lidar, já que escapa muito facilmente dos protetores solares.

Quanto tempo dura o protetor solar fator 70?

Como escolher o protetor solar ideal? – Para escolher o melhor protetor solar, leve em consideração como sua pele reage no sol. Por exemplo: se em apenas dez minutos ela já fica vermelha, um FPS 50 vai “atrasar” esse tempo em 50 vezes. Isso equivale a 500 minutos, ou cerca de oito horas e meia.

O que substitui o protetor solar no rosto?

Protetor solar com aloe vera e óleo de coco – O gel de Aloe vera penetra nas três camadas da pele, facilitando a cicatrização de queimaduras de sol e machucados. Ele é um ótimo ingrediente ativo para usar no protetor solar caseiro. O óleo de coco é um ótimo hidratante para a pele.

Ele melhora o ressecamento, a coceira, a descamação, a aspereza e as rachaduras na pele causadas pela xerose cutânea – a secura da pele que pode ser resultado de baixa umidade do ar, clima frio, banhos muito longos e quentes, desidratação, deficiência de vitamina A, deficiência de vitamina D, lavagem frequente, queimaduras, exposição ao sol e medicamentos.

Observação: esta receita não é à prova d’água e precisará ser reaplicada com frequência. Mantenha refrigerada e use até dentro de um mês, ou faça metade da receita para não gerar sobras.

  1. Ingredientes
    • 1/4 xícara de óleo de coco (tem Fator de Proteção Solar 7)
    • 2 (ou mais) colheres de sopa de óxido de zinco em pó
    • 1/4 xícara de gel de Aloe vera puro
    • 1 xícara (ou menos) de manteiga de karité para uma consistência cremosa
    • 15 gotas de óleo essencial de ylang ylang (opcional)
  2. Modo de preparo
    1. Combine todos os ingredientes, exceto o óxido de zinco e o gel de Aloe vera, em uma panela média. Derreta a manteiga de karité e os óleos em fogo médio.
    2. Deixe esfriar por alguns minutos antes de adicionar o gel de Aloe vera.
    3. Deixe esfriar completamente antes de adicionar óxido de zinco. Misture bem para garantir que ele seja distribuído por toda parte. Você pode adicionar um pouco de cera de carnaúba ou outra substância cerosa para obter uma consistência mais cremosa.
    4. Guarde em um pote de vidro e mantenha refrigerado até a hora de usar.
See also:  2.Tur SeIm Ne Zaman?

Pode usar qualquer protetor solar no rosto?

Na verdade, é desaconselhado. Isso porque a pele do corpo tem características diferentes das do rosto, então o ideal é utilizar protetor solar corpo e rosto diferentes, que atendam às necessidades de cada área.

Quanto maior o fator do protetor solar melhor?

É verão e você vai à praia ou à piscina para se refrescar, sem esquecer de levar na bolsa o protetor solar. O filtro que você usa tem FPS (fator de proteção solar) 30, mas todos da família ao lado estão espalhando no corpo um produto com FPS 50. Então, você pensa: “Será que deveria estar usando um igual ao deles?” ou “será que fator de proteção solar tem diferença?”.

Antes de mais nada, vamos entender o que é FPS. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), o FPS aponta o grau de proteção contra queimaduras que o filtro solar irá oferecer. Ou seja, é ele quem irá determinar a eficácia do protetor solar. Entendido isso, vamos para a resposta da primeira pergunta, que é: o filtro solar escolhido por você corresponde com o que recomendam os dermatologistas para proteger a pele do sol.

Independentemente do tipo ou da cor da cútis, os especialistas indicam para todas as pessoas um produto com FPS de, no mínimo, 30. Filtros solares com fator de proteção abaixo disso não protegem a pele contra queimaduras solares, envelhecimento precoce e nem contra o câncer de pele,

Já a resposta para a segunda pergunta é: sim, fator de proteção solar tem diferença. Quanto mais baixo, menor é o tempo de proteção que o produto concede à pele, ou seja, um filtro com FPS 30 protege a pele da ação dos raios solares por um período 20 vezes menor do que um com fator de proteção 50. Para entender melhor como isso funciona, basta fazer o seguinte cálculo: se, em apenas dez minutos exposta ao sol sem proteção, sua pele já fica vermelha e ardida, ao passar um protetor com FPS 30, levará 300 minutos (cinco horas), para que isso comece a acontecer.

Para chegar a esse número, multiplique os dez minutos pelo número do fator de proteção, nesse caso, 30. Portanto, o FPS 30 é suficiente para te proteger do sol, desde que o seu tipo de pele não exija outros fatores. Falaremos mais sobre isso a seguir. Outra diferença entre os produtos com diferentes FPS e os bloqueadores solares está na fabricação.

Qual a diferença entre protetor solar fator 50 e 70?

FPS 30, 50 ou 70? O FPS determina quanto tempo você pode se expor aos raios UV sem se queimar, de acordo com o seu fototipo. Ou seja, a principal diferença entre os protetores fator 30, 50 e 70 não é a qualidade da proteção mas sim o tempo de duração dela.

Qual o melhor fator de protetor solar para pele branca?

Qual o protetor solar ideal para cada tipo de pele Qual O Melhor Protetor Solar Você sabe qual o melhor protetor solar para o seu tipo de pele? Veja como escolher o protetor solar ideal para cada tipo de pele e entenda algumas informações contidas no rótulo desses dermocosméticos, como FPS, raios UVA e UVB.

  • O que é FPS?
  • Saber qual a proteção que o filtro solar irá proporcionar na sua pele é essencial para escolher a proteção perfeita.
  • FPS (Fator de Proteção Solar) indica por quanto tempo o filtro solar manterá a sua pele protegida contra os raios solares.

Logo, aquele número que a sigla leva especifica o tempo de proteção. Para calcular, basta multiplicar por 10. por exemplo: se seu protetor é FPS 30, são 300 minutos de proteção (5 horas).

  1. Vale ressaltar que a proteção dos dermocosméticos diminui com o passar do tempo, principalmente quando entra em contato com a água.
  2. O ideal, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia é que o protetor seja reaplicado a cada 2 horas para máxima proteção e que o fator mínimo para qualquer tipo de pele deve ser FPS 30.
  3. O que é UVA e UVB?

Um bom protetor solar deve proteger contra a radiação UVA e UVB. O FPS determina a proteção contra os raios UVB, enquanto o PPD é indicado para verificar a proteção UVA. A radiação UVB é menos profunda, além de ser a principal responsável pelas queimaduras e vermelhidão da pele, sendo mais intensa entre 10h e 16h.

A radiação UVA penetra mais profundamente e é a principal causa do câncer da pele e do fotoenvelhecimento. Portanto, confira o valor do PPD nos protetores solares. Se o número for maior que 9, sua proteção contra os raios UVA é alta. Se estiver em estrelas, a classificação é de 0 a 4, sendo 4 alta proteção.

Outro ponto importante é que o PPD, de acordo com a legislação, deve ser sempre, no mínimo, um terço do valor do FPS. Quais os tipos de pele? Para encontrar a proteção ideal é importante identificar cada tipo de pele. Veja as característica mais como em cada um deles: Pele normal: Macia, com poucos poros visíveis e aspecto saudável, produz óleo normalmente sem excesso de brilho.

  1. Encontrada em bebês, crianças ou em pessoas antes da puberdade.
  2. Dificilmente encontrada na fase adulta.
  3. São recomendados os filtros em formato sérum, loção ou spray, pois apresentam maior resistência ao suor e à água.
  4. Pele mista: Aspecto gorduroso na zona T (testa, nariz e queixo).
  5. As bochechas são normais e secas.

Uma ótima opção para pele mista é o protetor solar em gel-creme, que é cremoso e hidratante ao mesmo tempo, atuando no equilíbrio da produção de sebo durante o dia. Pele seca: Pouco luminosa, poros menos visíveis, opaca e áspera. Envelhece precocemente e descama com facilidade Esse tipo de cútis precisa de um veículo mais cremoso com poder de hidratação, que é um fator ausente na pele seca.

  • Procure sempre produtos que informem, em sua embalagem, que são livres de óleos (oil-free), com toque seco, efeito mate e não comedogênicos.
  • Os melhores protetores solares para a pele oleosa são os fluidos, pois são mais líquidos, e os pós compactos, que aderem melhor à cútis e a mantêm sequinha.
  • Cuidados específicos com a pele

Uma pele saudável requer cuidados específicos! Limpe a sua pele duas vezes ao dia (manhã e noite) para evitar acúmulo de oleosidade, maquiagem e poluentes. A higiene faz parte do tratamento diário de rotina e deve se adaptar ao tipo específico de pele, respeitando seu pH e utilizar agentes suaves que preservem seu filme hidrolipídico.

Água é fundamental para manter sua pele hidratada. Beba pelo menos 2 litros de água por dia. O protetor solar ideal para seu tom de pele ​O fator de proteção solar varia de acordo com o tom de pele. As peles mais claras necessitam de um FPS maior e as peles mais escuras, o FPS pode ser menor. Pele clara e muito branca Tem sardas no rosto, a pele queima-se muito facilmente e nunca fica bronzeada, ficando avermelhada.

Possui baixa tendência ao bronzeamento e queima com muita facilidade. Corre alto risco de câncer de pele, o fator de proteção indicado para este tipo de pele é o FPS 60. Pele morena clara à mulata A pele é morena clara que por vezes, queima-se, porém, também se bronzeia. Qual O Melhor Protetor Solar Para garantir a proteção, é importante utilizar protetor solar corretamente, fazendo uma camada uniforme. Deve ser reaplicada a cada 2 horas de exposição solar ou após o contato com a água. A aplicação deve ser feita pelo menos 15 minutos antes da exposição ao sol. Recomenda-se aplicar:

  • Uma colher de chá (5ml) de protetor solar no rosto e no pescoço;
  • Uma colher de chá (5ml) de protetor para a parte da frente do tronco e outra para a parte de trás;
  • Uma colher de chá (5ml) para cada braço;
  • Uma colher de sopa (15ml) para a parte da frente de cada perna e outra para a parte de trás de cada perna.
See also:  Kyk Burs BaVurusu Ne Zaman?

Conclusão Para garantir a proteção ideal para a pele, é importante saber qual proteção o filtro solar irá proporcionar e qual FPS é o ideal para a pele. Além disso, para cada tipo de pele, deve-se utilizar o tipo de protetor ideal, seja gel, creme, spray, etc.

Quais as marcas de protetor solar que foram aprovadas?

Conheça os 5 protetores aprovados em teste de qualidade Continua após publicidade Entre as dez marcas de protetor solar de rosto avaliadas pela Proteste, 5 passaram no teste de qualidade. Sendo que dessas, apenas 3 foram consideradas de “boa qualidade” nos quesitos rotulagem, FPS, proteção UVA, resistência à água e teste em uso. (/iStock) Continua após publicidade Na quarta edição do teste sobre a eficiência e qualidade de protetores solares, a Proteste optou por avaliar, pela primeira vez, versões do produto para o rosto.

  • Das dez marcas analisadas, com fator de proteção solar (FPS) igual ou superior a 50, apenas cinco passaram na avaliação.
  • São elas: Nivea, Cenoura & Bronze, Natura, O Boticário e Cataphil.
  • Na análise, foram verificados o fator de proteção solar (proteção UVB), índice de proteção UVA, resistência à água, rotulagem e uso.

Neste último quesito, 30 voluntárias experimentaram os produtos e opinaram sobre características como facilidade de espalhar no rosto, absorção e aroma. Entre as marcas analisadas apenas três – Nivea, Cenoura & Bronze e Natura – foram consideradas com “boa qualidade” em todas as variáveis. Continua após a publicidade

Qual a melhor marca de protetor solar para pele sensível?

Qual é o melhor protetor solar para pele sensível? Alguns protetores solares podem causar sensações de ardor desagradáveis na pele sensível. Escolha um protetor com amplo espectro UVA-UVB, testado nas peles mais sensíveis, como a linha ANTHELIOS da marca especialista em peles sensíveis La Roche-Posay.

Qual o protetor solar que menos protege?

Cinco marcas de protetor solar não passam em teste de qualidade Em teste de qualidade realizado pela Proteste, cinco marcas de protetor solar para o rosto apresentaram fator de proteção inferior ao indicado na embalagem. Dos dez produtos testados, um também apresentou menor proteção contra raios UVA do que prevê a legislação.

  1. A Proteste solicitou uma fiscalização mais adequada dos produtos e pediu aos fabricantes que corrijam a informação nos rótulos dos protetores solares.
  2. Das dez marcas testadas, cinco não apresentaram o fator de proteção solar (FPS) que consta no rótulo: Sundown, L’Oreal, ROC, Sunmax e La Roche Posay.
  3. O La Roche Posay tinha um FPS 42% menor do que o indicado.

A metodologia da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) permite uma variação de até 17% em relação ao que é informado na embalagem e a formulação do produto, mas nessas cinco marcas, a diferença de percentual foi superior à permitida. Também foi avaliada a proteção UVA dos produtos.

  • Desde 2012 a legislação brasileira determina que, nos filtros solares, a proteção UVA deve ser um terço do FPS.
  • Ou seja: um protetor com FPS 60 precisa ter proteção UVA igual a 20, no mínimo.
  • O protetor da L’Oreal foi considerado ruim por apresentar 26% do FPS rotulado ao invés dos 33% exigidos para UVA.

Os raios UVA atingem as camadas mais profundas da pele e são os principais responsáveis pelo envelhecimento precoce, bronzeamento, além de também contribuírem para o câncer de pele. Já o FPS avalia a capacidade de os produtos filtrarem a radiação do tipo UVB, que atinge a camada mais superficial da pele, podendo causar vermelhidão, queimaduras e câncer de pele.

O valor de FPS consiste na razão entre o tempo de exposição à radiação ultravioleta necessário para produzir vermelhidão na pele protegida pelo protetor solar e o tempo, para o mesmo efeito, com a pele desprotegida. Quando se usa um filtro solar com FPS 30, por exemplo, a mesma pele leva 30 vezes mais tempo para ficar vermelha.

Por isso, saber o exato fator de proteção é fundamental, pois indica o quanto se está protegido contra essa radiação. Continua após a publicidade O consumidor é duplamente prejudicado com essas alterações, pois além de pagar um preço mais caro por uma proteção que não é oferecida – o valor do produto é proporcional ao Fator de Proteção Solar, ou seja, quanto mais alto o FPS, mais caro -, ele está menos protegido dos efeitos nocivos dos raios solares.

Qual o melhor FPS para o rosto?

Confira dicas para não errar na hora de comprar o seu – Fator 15 Não importa a cor da sua pele, os dermatologistas recomendam o uso de no mínimo um protetor com FPS 30. Esse número significa que a pele vai demorar trinta vezes mais para ficar vermelha do que se você não estivesse usando nada.

Portanto, 15 é um número muito baixo e não cumpre o objetivo de proteger contra o envelhecimento precoce e o câncer. Fator 30 até 50 Esse é o fator mínimo que todo mundo deve usar. Mesmo que tem pele negra, mais resistente a queimaduras por conta melanina (pigmento que dá cor à pele e já funciona como uma proteção).

As morenas devem aplicar e investir naqueles que têm FPS 35. Nos dois casos, se você não toma sol há tempos, melhor ir devagar – use protetor 50 nos primeiros dias e depois diminua. E quem tem pele clara, mais sensível só que consegue ficar com uma cor dourada, deve usar sempre o 50, pois você sofre os efeitos da radiação solar com facilidade.

Fator 60 ou maior Serve para quem tem a pele muito clara e fica vermelha sempre. Para te ajudar na escolha, saiba que a diferença entre um produto com FPS 60, 70 até os bloqueadores solares, além do poder de proteção, está também na fórmula. Geralmente quanto mais forte o fator maior a concentração de ingredientes que melhoram a aderência dele na pele – isso protege mais nos mergulhos e quando você faz esportes.

– – Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia : Qual protetor solar escolher: 15, 30 ou 60? Tire suas dúvidas

Qual protetor solar que menos protege?

Qual a diferença entre protetor solar fator 30, 50 e 70? – A principal diferença entre protetor solar fator 30, 50 e 70 está no tempo de proteção e não na qualidade. Um protetor com FPS30 protege tão bem quanto um protetor com FPS70, porém, por menos tempo. a grande diferença entre os vários FPS’s do mercado é no tempo de exposição antes de sofrer danos na pele Isso quer dizer que um filtro solar com FPS 30 protege uma pessoa que começa a se queimar em 5 minutos de exposição solar por até 2 horas e meia.

  1. Isto é: 150 minutos.
  2. Após esse período, o indivíduo precisará reaplicar o produto para garantir a proteção.
  3. Um grande engano em relação ao FPS é achar que quanto maior o fator de proteção, menos produto você precisa aplicar na pele.
  4. Porém, isso não somente é uma ideia errada do modo de usar o protetor solar como também contribui para o aumento de possíveis queimaduras.

Para que você consiga o FPS indicado no rótulo deve aplicar o protetor solar nas quantidades indicadas pelo fabricante, ou pelo menos 1 colher de chá de produto para cada região do corpo.