Laboratorio Cianorte

Dicas, Recomendações, Ideias

Qual O Prazo Para Declarar Imposto De Renda 2023?

Qual O Prazo Para Declarar Imposto De Renda 2023

Qual foi a data limite para declarar Imposto de Renda 2023?

Receita Federal alerta: prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda 2023 termina amanhã Info Notícias IRPF2023 Contribuintes que perderem o prazo ficam obrigados a pagar multa. O prazo para a entrega da Declaração iniciou em 15 de março e se encerra amanhã (31/5) às 23h59min59s, horário de Brasília.

  1. A Receita Federal reforça o alerta aos contribuintes para não perderem a data final, pois é cobrada multa daqueles que são obrigados a entregar a declaração e não o fazem dentro do prazo.
  2. A multa corresponde a 1% ao mês sobre o valor do imposto de renda devido, com limite de 20% do valor total do imposto de renda.

O valor mínimo da multa é de R$ 165,74. Balanço Até as 18h desta terça-feira (30/05), foram recebidas 36.525.064 declarações do IRPF2023 A um dia da data limite, o número já supera o recorde histórico de 2022, que registrou 36,3 milhões de declarações entregues no final do prazo.

Quem não declarou Imposto de Renda 2023?

A Receita Federal divulgou que foram entregues mais de 40 milhões de declarações este ano – Qual O Prazo Para Declarar Imposto De Renda 2023 Prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2023 acabou no dia 31 de maio (Foto: Freepik) Na última quinta-feira (31), a Receita Federal encerrou o prazo estipulado para o enviou das declarações do Imposto de Renda 2023. De acordo com a instituição, foram entregues 41.151.515 declarações até às 23h59 – número maior do que em 2022, quando receberam 36.403.675.

  • Ainda foi revelado que 60,61% dos contribuintes vão ter imposto a restituir, 19,83% vão pagar o IR e 19,57% não têm que pagar ou receber.
  • Porém, quem perdeu o prazo ainda precisa enviar a sua declaração.
  • Quem não entregou a declaração do imposto de renda 2023 no prazo, o que fazer? Quem não entregou a declaração do Imposto de Renda 2023 dentro do período terá que pagar uma multa mínima de R$ 165,74, mas o valor pode chegar a até 20% do valor do imposto devido no ano.

Além disso, ainda precisa enviar a declaração, mesmo depois do prazo. Quem não enviar o documento poderá ter o seu CPF (Cadastro de Pessoa Física) suspenso e ainda pode ser indiciado por sonegação fiscal, correndo o risco de ser preso. A pessoa que atrasou a entrega da declaração do IR pode entregar o documento em até cinco anos pelos meios digitais da Receita Federal.

Na hora de enviar o documento, o contribuinte receberá a guia para pagamento da multa em até 30 dias após a entrega da declaração em atraso. Caso a pessoa demore mais de cinco anos para entregar sua declaração, ela não poderá mais enviar por meio digital. O contribuinte deverá ir até uma agência da Receita Federal com todos os documentos comprobatórios e prestar suas contas.

A Receita Federal aplica uma multa de 150% do imposto devido e pode ser investigado por crime de sonegação fiscal, que corre o risco de prisão. Restituição do imposto de renda A restituição do Imposto de Renda 2023 acontecerá dentro de cinco lotes, sendo um por mês.

Como será a declaração de Imposto de Renda 2023?

Separe a documentação e baixe o programa – Antes de iniciar o preenchimento da sua declaração, providencie e tenha à mão os documentos necessários, Em seguida, baixe o programa no site da Receita Federal: Qual O Prazo Para Declarar Imposto De Renda 2023 Imagem: Reprodução A declaração pode ser preenchida online, no portal e-CAC, sem precisar instalar no computador. Também é possível declarar no aplicativo Meu Imposto de Renda, para celular e tablet.

Como funciona o pagamento do Imposto de Renda 2023?

O imposto de renda deve ser pago por meio de DARF, o Documento de Arrecadação da Receita Federal. Para emiti-lo, transmita a sua declaração de imposto de renda 2023 ao Fisco e, depois, acesse a aba Imprimir do programa, selecionando a opção DARF do IRPF.

Qual valor da multa do imposto de renda 2023?

O que você precisa saber? – O valor da multa é de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido calculado pela Receita Federal. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74, referente ao atraso na declaração. Ele pode chegar, no máximo, a 20% do valor do imposto de renda.

Quem vai pagar o imposto de renda em 2023?

Leia também – A partir de agora, de acordo com o novo texto, quem ganha até R$ 2.112 por mês não terá mais que pagar o Imposto de Renda. A isenção, anteriormente, era para aqueles que recebem até R$ 1.903,98. Já os que recebem até R$ 3.751,05 devem pagar alíquota de 15% e R$ 370,4 é o valor da parcela a deduzir no Imposto de Renda.

Quem perdeu o prazo do IR?

Valor da multa por ter perdido o prazo do Imposto de Renda – A multa mínima pelo atraso é de R$ 165,74. No entanto, se o contribuinte tiver imposto a ser pago haverá multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, incidente no imposto devido. O valor máximo da multa é de 20% do imposto devido.

See also:  Part Time Ne Demek?

Foi prorrogado a entrega do Imposto de Renda 2023?

Entrega da Declaração do Imposto de Renda 2023 vai de 15 de março a 31 de maio de 2023 e é obrigatória para contribuintes que se encaixam nas exigências da Receita Federal. Saiba mais!

Como saber se terei que pagar imposto de renda?

Para saber se vai receber no segundo lote, o contribuinte deve ir ao site Meu Imposto de Renda e, na lista de serviços, clicar em ‘Consultar a Restituição’. Para a consulta simples, basta acessar este link (clique aqui para consultar sua restituição) e informar o CPF, ano da declaração (2023) e a data de nascimento.

É crime não declarar Imposto de Renda?

Sonegação fiscal – Em último caso, quem não entrega a declaração e não paga multa passa por uma avaliação mais minuciosa das movimentações financeiras. Nesses casos, a Receita também pode cancelar o CPF do contribuinte e a pessoa pode ser acusada de crime de sonegação fiscal. A punição pode chegar a até dois anos de prisão. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como saber se estou em dia com o imposto de renda?

Como consultar? – O novo serviço está disponível na página Meu Imposto de Renda. O contribuinte poderá consultar sua situação na página da Receita, no e-CAC ou no aplicativo Meu Imposto de Renda. O acesso pode ser feito com a senha do sistema gov.br. Declarações que não foram entregues aparecerão como “omissas”. Qual O Prazo Para Declarar Imposto De Renda 2023 Exemplo de como as declarações do IR com “omissão” vão aparecer no Meu Imposto de Renda Imagem: Reprodução Contribuinte poderá preencher as declarações em atraso. Também estará disponível uma declaração pré-preenchida, já com os dados que eventualmente faltaram no primeiro envio.

Se o contribuinte recebeu algum rendimento acima de determinado valor, por exemplo, a Receita mostrará as informações omitidas, facilitando a entrega. Regularização evita problemas, explica Receita. Mesmo em atraso, o envio das declarações com omissão são importantes porque evita que o CPF do contribuinte seja classificado como “pendente de regularização”.

A funcionalidade permite consultar também o status da declaração do IR 2023, O contribuinte pode verificar se há alguma pendência, se está na fila de restituição ou se caiu na malha fina. Saiba mais aqui,

Quem ganha mais de 5 mil paga quanto de Imposto de Renda?

Quem ganha até R$ 5 mil paga quanto de imposto? – Apesar da proposta do presidente Lula, pessoas que ganham até R$ 5 mil ainda têm imposto recolhido na fonte caso tenham rendimentos superiores a R$ 2.640 (para optantes da dedução automática). Para facilitar o cálculo, a divulga a tabela progressiva com mais uma coluna, onde descreve a “parcela a deduzir”.

Base de Cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a Deduzir do IR (em R$)
Até 2.112,00 zero zero
De 2.112,01 até 2.826,65 7,5 158,4
De 2.826,66 até 3.751,05 15 370,4
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 651,73
Acima de 4.664,68 27,5 884,96

Fonte: Instrução Normativa da Receita Federal Brasileira nº 2141 Para saber quanto pagar de IR, basta aplicar a alíquota no total do salário e, posteriormente, subtrair a parcela a deduzir correspondente. É importante não confundir a parcela a deduzir indicada na tabela com as deduções legais, que o contribuinte pode incluir na declaração anual do IR (gastos com saúde, educação, etc.).

Saiba como declarar no Imposto de Renda.

Como explica Juliana de Sousa, advogada tributarista do Cunha Ferraz Advogados, o salário, para fins desse cálculo, não deve incluir benefícios como o auxílio-alimentação ou o auxílio-transporte e nem a contribuição ao, Ela destaca ainda a dedução mensal de R$ 189,59 por dependente, que pode ser informada aos empregadores.

  1. A pedido do E-Investidor a especialista ajudou a calcular um cenário em que, descontados benefícios e contribuição, o salário do trabalhador seja de R$ 5 mil — e qual seria o IR retido na folha salarial desse contribuinte mensalmente.
  2. Deve-se aplicar a alíquota de 27,5% sobre o salário de R$ 5 mil (5.ooo x 0,275).

Do resultado, R$ 1.375, é subtraído o valor de R$ 884,96 (parcela a deduzir para essa faixa). O resultado da conta será R$ 490,04, e esse é o valor retido em imposto mensalmente. A alíquota efetiva, que seria cobrada do contribuinte, equivale, nesse cenário, a 9,8%.

Como saber se a declaração de imposto de renda foi aprovada 2023?

Como descobrir se caiu na malha fina? – A situação da sua declaração pode ser consultada em visita ao site de atendimento virtual da Receita, chamado de e-CAC, Para acessar o sistema, você pode gerar um código de acesso ou usar seu nome de usuário e senha do gov.br (sistema do governo, este login vale para diversos serviços, como carteira de trânsito, FGTS, etc). Qual O Prazo Para Declarar Imposto De Renda 2023 Página para gerar código de acesso pede CPF e data de nascimento — Foto: Reprodução/RF Se não tiver entregue uma das declarações, informe o número de uma delas e do título de eleitor, Ao gerar o código, você irá criar uma senha de acesso. Munido de código e senha, acesse o e-CAC.

  1. Em seguida, clique no menu ” Declarações e Demonstrativos “,
  2. Depois entre em ” Meu Imposto de Renda ” e por fim clique em ” Pendências da Malha “,
  3. Nessa seção, você poderá descobrir se tem alguma pendência e, se tiver, qual é essa pendência.
  4. O ideal, explica o economista e contabilista Sandro Rodrigues, é o contribuinte conferir a situação da declaração depois de entregar para saber se está tudo nos conformes,
See also:  Tomris Ne Demek?

Dessa forma, se houver algum erro, a correção pode ser feita facilmente pelo sistema, por meio de uma retificação da declaração, Quando a pessoa não costuma acessar o sistema e não sabe que está na malha fina, ela pode ser convocada pelo órgão a prestar esclarecimentos,

  1. Essa notificação costumava ser feita por correio.
  2. Agora o processo é todo virtual.
  3. Você recebe uma notificação avisando que precisa prestar esclarecimentos, por mensagem pelo número de telefone ou mesmo pelo e-mail informado na identificação do contribuinte.
  4. Antes da pandemia, era preciso ir até um posto de atendimento para regularizar a situação,

Com o distanciamento social, o contribuinte esclarece e apresenta os documentos escaneados, no site na Receita Federal no e-CAC, mais precisamente na aba de Dossiê Digital de Atendimento – DDA, evitando dessa forma o comparecimento presencial a um posto da Receita Federal.

  • Quando você é notificado e é gerado um auto de infração pode haver incidência de multa, além do valor devido à Receita.
  • Quanto mais você demora para regularizar a situação, pior, porque o valor da multa é corrigido pela Selic do período em que você ficou devendo.
  • Por isso, o melhor é se antecipar a uma notificação e tentar resolver a situação com rapidez.

Se houver, de fato, algum erro na sua declaração, você poderá enviar uma declaração retificadora ( contanto que ainda não tenha sido notificado ) ou enviar os documentos referentes ao erro por intermédio do DDA, Estes documentos serão verificados por um auditor.

  • No caso de haver alguma tributação a mais, o valor será descontado da sua restituição.
  • Se não houver restituição prevista e você estiver devendo algum imposto ao governo, deverá gerar um Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) e pagá-lo o quanto antes.
  • Mas se você tiver conferido tudo e não houver erro, você deverá proceder e enviar os documentos por DDA logo que constatar a pendência no Centro Virtual de Atendimento.

A recomendação é sempre agir rapidamente para regularizar a situação. “O técnico da Receita recebe o documento e dá um protocolo e vai fazer uma análise. A partir daí, pode demorar um tempo para haver a correção, mas você vai receber a restituição atualizada pela tabela Selic (taxa básica de juros)”, explica Rodrigues.

  • O economista lembra que, mesmo que não haja uma pendência agora, ela poderá surgir no futuro.
  • A Receita está sempre fazendo cruzamento de dados.
  • Ele aconselha que o contribuinte guarde recibos, informes de rendimentos e de despesas dedutíveis por até cinco anos,
  • Esse é o prazo para que os processos na Receita caduquem,

Isso significa que você tem até cinco anos para reaver uma restituição que teve pagamento suspenso por algum tipo de irregularidade na declaração.

Como funciona o desconto simplificado do Imposto de Renda 2023?

Leia também – Em outras palavras, quanto maiores as deduções, mais vantajoso seria o modelo completo. Já quem não possui gastos com saúde, educação e dependentes, e apenas uma fonte de renda, por exemplo, poderia encontrar na declaração simplificada a melhor alternativa.

No modelo de declaração simplificada, a estipulou desconto padrão de 20% sobre a base de cálculo do tributo. Em 2023, a quantia de deduções ficou limitada a R$ 16.754,34. Ao exceder a soma, o programa da Receita recomendaria a declaração completa como mais vantajosa ao contribuinte. No entanto, qualquer pessoa poderia optar pelo modelo mais simples, a despeito da renda.

O valor do abatimento e o seu limite não previam mudanças, de acordo com as despesas dedutíveis. Por mais que o modelo simplificado fosse mais prático ao contribuinte, era necessário informar todos os gastos dedutíveis que pudessem ser comprovados.

Como saber se a declaração de imposto de renda foi aprovada 2023?

Como descobrir se caiu na malha fina? – A situação da sua declaração pode ser consultada em visita ao site de atendimento virtual da Receita, chamado de e-CAC, Para acessar o sistema, você pode gerar um código de acesso ou usar seu nome de usuário e senha do gov.br (sistema do governo, este login vale para diversos serviços, como carteira de trânsito, FGTS, etc). Qual O Prazo Para Declarar Imposto De Renda 2023 Página para gerar código de acesso pede CPF e data de nascimento — Foto: Reprodução/RF Se não tiver entregue uma das declarações, informe o número de uma delas e do título de eleitor, Ao gerar o código, você irá criar uma senha de acesso. Munido de código e senha, acesse o e-CAC.

  • Em seguida, clique no menu ” Declarações e Demonstrativos “,
  • Depois entre em ” Meu Imposto de Renda ” e por fim clique em ” Pendências da Malha “,
  • Nessa seção, você poderá descobrir se tem alguma pendência e, se tiver, qual é essa pendência.
  • O ideal, explica o economista e contabilista Sandro Rodrigues, é o contribuinte conferir a situação da declaração depois de entregar para saber se está tudo nos conformes,
See also:  AIl Ne Demek?

Dessa forma, se houver algum erro, a correção pode ser feita facilmente pelo sistema, por meio de uma retificação da declaração, Quando a pessoa não costuma acessar o sistema e não sabe que está na malha fina, ela pode ser convocada pelo órgão a prestar esclarecimentos,

Essa notificação costumava ser feita por correio. Agora o processo é todo virtual. Você recebe uma notificação avisando que precisa prestar esclarecimentos, por mensagem pelo número de telefone ou mesmo pelo e-mail informado na identificação do contribuinte. Antes da pandemia, era preciso ir até um posto de atendimento para regularizar a situação,

Com o distanciamento social, o contribuinte esclarece e apresenta os documentos escaneados, no site na Receita Federal no e-CAC, mais precisamente na aba de Dossiê Digital de Atendimento – DDA, evitando dessa forma o comparecimento presencial a um posto da Receita Federal.

  1. Quando você é notificado e é gerado um auto de infração pode haver incidência de multa, além do valor devido à Receita.
  2. Quanto mais você demora para regularizar a situação, pior, porque o valor da multa é corrigido pela Selic do período em que você ficou devendo.
  3. Por isso, o melhor é se antecipar a uma notificação e tentar resolver a situação com rapidez.

Se houver, de fato, algum erro na sua declaração, você poderá enviar uma declaração retificadora ( contanto que ainda não tenha sido notificado ) ou enviar os documentos referentes ao erro por intermédio do DDA, Estes documentos serão verificados por um auditor.

  1. No caso de haver alguma tributação a mais, o valor será descontado da sua restituição.
  2. Se não houver restituição prevista e você estiver devendo algum imposto ao governo, deverá gerar um Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) e pagá-lo o quanto antes.
  3. Mas se você tiver conferido tudo e não houver erro, você deverá proceder e enviar os documentos por DDA logo que constatar a pendência no Centro Virtual de Atendimento.

A recomendação é sempre agir rapidamente para regularizar a situação. “O técnico da Receita recebe o documento e dá um protocolo e vai fazer uma análise. A partir daí, pode demorar um tempo para haver a correção, mas você vai receber a restituição atualizada pela tabela Selic (taxa básica de juros)”, explica Rodrigues.

  1. O economista lembra que, mesmo que não haja uma pendência agora, ela poderá surgir no futuro.
  2. A Receita está sempre fazendo cruzamento de dados.
  3. Ele aconselha que o contribuinte guarde recibos, informes de rendimentos e de despesas dedutíveis por até cinco anos,
  4. Esse é o prazo para que os processos na Receita caduquem,

Isso significa que você tem até cinco anos para reaver uma restituição que teve pagamento suspenso por algum tipo de irregularidade na declaração.

Quem recebe no primeiro lote do Imposto de Renda 2023?

Serão contemplados 4,1 milhões de contribuintes e distribuídos cerca de R$ 7,5 bilhões, um patamar inédito na história da Receita Federal Publicado em 24/05/2023 10h03 Atualizado em 24/05/2023 10h04 A Receita Federal abre nesta quarta-feira (24/5), a partir das 10h, a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de 2023.

  1. O lote contempla 4,1 milhões de contribuintes que estão na fila de prioritários, como idosos acima de 80 anos, pessoas com deficiência, professores e quem fez a declaração pré-preenchida ou optou por receber a restituição pelo Pix.
  2. Os valores serão pagos pela Receita no dia 31 de maio.
  3. Segundo informações da Receita Federal, este é o maior lote de restituição da história, e serão distribuídos R$ 7,5 bilhões aos contribuintes.

Para consultar se a restituição estará disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na internet e clicar nos itens “Meu Imposto de Renda” e “Consultar a Restituição”. » Clique aqui para ler e ouvir a série completa Tira-Dúvidas do IR 2023 A entrega da declaração do imposto começou no dia 15 de março e termina em 31 de maio, às 23h59.

O pagamento da restituição é realizado na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda, de forma direta ou por indicação de chave PIX. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 (um) ano no Banco do Brasil.

Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).